Cobiça

Santander inicia implantação da reforma trabalhista

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Santander inicia implantação da reforma trabalhista

Ao acessar sistema interno, trabalhadores são encaminhados para página para dar concordância com acordo.

O banco Santander adotou medidas unilaterais e até inconstitucionais sem consultar as entidades sindicais, dando o pontapé inicial na implementação da Reforma Trabalhista pelo sistema financeiro. Ao acessar o sistema interno do banco, os funcionários eram direcionados para uma página onde teriam que dar a concordância em um “Acordo” Individual de Banco de Horas Semestral.

 

#  Rial quer lucrar tirando direito dos Bancários

 

Esse acordo é inconstitucional. Pela Constituição, banco de horas somente podem ser negociados em acordos ou contratos coletivos.

 

Ao saber do ocorrido, a Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander solicitou uma reunião com o banco para tratar do assunto. A reunião ocorreu na tarde da última quarta-feira (13). Além da COE, estavam presentes representantes de todas as federações de bancários do país. O banco apenas confirmou as medidas e disse que não haveria negociações sobre elas.

 

Santander prepara demissões depois de megafesta e aumento do lucro!

 

O banco também informou a alteração do dia de pagamento dos salários, do dia 20 para o dia 30, os meses de pagamento do 13º salário, antes fevereiro e novembro e agora, maio e dezembro, entre outras medidas.

 

Não contente em pressionar violentamente os trabalhadores buscando aumento dos lucros dos acionistas e dos bônus já milionários pagos aos executivos, o Santander agora também quer fazer resultado em cima da folha de pagamento, retardando a data para o crédito dos salários.

 

Ação conjunta


Trata-se do início da implantação da reforma trabalhista pelo setor financeiro. Se os Bancários não prostestarem contra essas medidas, os demais bancos vão acreditar que existe concordância com essas mudanças e vão implementá-las também.

 

Não existe dúvidas de que o Santander vai tentar colocar em prática tudo o que a reforma trabalhista lhe permite e tentar ir além. Vai ter luta!

 

Não fique só, Fique Sócio e defenda-se contra a Reforma Trabalhista!

 

Fonte Contraf
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!