Desigualdades

No Brasil, ricos pagam cada vez menos impostos

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
No Brasil, ricos pagam cada vez menos impostos

Enquanto o governo Bolsonaro privilegia o andar de cima da pirâmide social, os trabalhadores penam diante do cenário regressivo do país

Apesar de não consumirem na mesma medida, o pobre e o rico compartilham da mesma política tributária. Para se ter uma ideia, os ricos, que possuem rendimento de US$ 1,5 milhão (R$ 6,2 milhões) por ano, pagam os mesmos 27,5% de impostos que os pobres. Os menos abastados, por sua vez, recebem anualmente cerca de US$ 250 mil (R$ 1,03 milhão) e pagam US$ 68,6 mil (R$ 288,6 mil) em tributos.

 

>> Bolsonaro não vai fazer nada para impedir alta da carne bovina

 

A perversidade é tamanha que a taxa tributária só incide sobre os salários, resultando na contribuição cada vez menor do grande capital. De acordo com especialistas, ao receber R$ 6,2 milhões, o cidadão que está no topo da pirâmide, não embolsa na forma de rendimentos. Pelo contrário.

 

O valor chega na forma de dividendos, que são isentos, e em aplicações financeiras, que pagam 15% de LCI e LCA, que também são isentos. Então acabam não pagando o mesmo que o povo.

 

Diante deste quadro de desigualdades, o governo Bolsonaro não faz nada. Aliás, só piora, insistindo em cobrar o mesmo montante para ambos os grupos sociais. A postura perversa gera um sistema financeiro onde os ricos ficam cada vez ficam mais ricos e os pobres cada vez mais pobres. Triste realidade.

 

>> BASTA DE DESEMPREGO, RETIRADA DE DIREITOS E MISÉRIA!

Fonte Sindicato dos Bancários da Bahia - 06/12
Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!