Descomissionamentos

Reunião entre BB e Sindicato termina em impasse

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Reunião entre BB e Sindicato termina em impasse

Dirigentes sindicais questionaram critérios para descomissionamentos e representantes do Banco do Brasil se mostraram intransigentes

Terminou em impasse a reunião entre o Sindicato dos Bancários de Santos e Região e a superintendente regional do Banco do Brasil (BB), Ana Maria, para cobrar sobre os descomissionamentos de três gerentes na Baixada Santista. O encontro aconteceu na sede do Sindicato, nesta terça-feira, 12, e ficaram claras a intransigência do BB e que o processo de avaliação é injusto.

 

Além da superintendente, o banco enviou representantes da Gepes e gerentes gerais das agências Estilo Santos e Embaré. “Quando apontávamos que o atual uso do sistema de avaliação é injusto, nenhum deles apresentava argumentos que indicassem que ele é correto”, comentou Eneida Koury, presidente do Sindicato e funcionária do BB.

 

“Para que serve a avaliação 360º? Para nada! Porque na verdade eles utilizam apenas a avaliação do gerente geral, em um dos subitens para descomissionar! A avaliação é desonesta e fraudulenta. Os bancários sempre acharam que o que contava para o descomissionamento era a média, o placar, de três ciclos avaliatórios. Pontuamos isso para os gestores”, afirmou o dirigente sindical André Vasconcelos, também empregado do BB.

 

O Sindicato apresentou a proposta de reintegrar, em outras carteiras, os três descomissionados, mas os gestores do banco já tinham nomeado novos gerentes. “Os representantes do banco não vieram dispostos a negociar ou a solucionar a questão” comentou o secretário geral do Sindicato e bancário do BB, Ricardo Saraiva Big.

 

O Sindicato seguirá tomando todas as medidas cabíveis para buscar coibir esse tipo de postura do banco. “Os bancários e bancárias do BB precisam seguir mobilizados, junto com o sindicato, para que os descomissionamentos não se tornem uma prática na Baixada Santista”, ressaltou Eneida.  

 

Exposição

Além da questão dos descomissionamentos, logo no início da reunião os dirigentes sindicais precisaram intervir para evitar a exposição e constrangimento de um bancário que o banco levou para a reunião.

 

“O banco trouxe um gerente substituto para a reunião que é companheiro direto de trabalho de um dos descomissionados, situação que iria expor e constranger o funcionário. Por isso, insistimos e o encontro só continuou quando o gerente substituto saiu da sala. Explicamos para ele que a nossa posição era para sua proteção”, contou Big.  

Fonte Imprensa Seeb Santos e Região
Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Notícias
Atualizado em: 12 de fevereiro de 2019

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!