INSS

Reforma da Previdência não gera emprego

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Reforma da Previdência não gera emprego

Dia 22 de março acontece a Mobilização Nacional contra a Reforma da Previdência e em defesa da aposentadoria e dos direitos.

Para tentar convencer a população, o governo de Jair Bolsonaro (PSL) adota o discurso de que a reforma da Previdência vai gerar cerca de oito milhões de empregos em quatro anos. Mas, a história não é bem assim.

 

A conversa do governo é de que o corte na Previdência vai equilibrar as contas, gerar superávit para investimentos e levar o Brasil ao crescimento. No entanto, se houver redução dos custos com os benefícios, diminui também o nível da atividade econômica.

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala em economizar R$ 1 trilhão. Na prática, ele tira esse valor da massa salarial, do dinheiro das pessoas que recebem aposentadoria, BPC (Benefício de Prestação Continuada) e outros auxílios previdenciários. Ou seja, grana que iria para o consumo.

 

O que faz a economia crescer é investimentos (público e privado). Mas, em três meses de governo, se a população parar para observar, nos discursos de Bolsonaro não estão inclusos desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda. É só corte.

 

A sociedade precisa atentar e refrescar a memória sobre discursos falaciosos. Não muito distante, o ex-presidente Michel Temer (MDB) havia dito que a reforma trabalhista ia gerar milhões de emprego. O que se viu foi diferente. Em quase um ano, o saldo de postos de trabalho foi de apenas quase 373 mil vagas ante a expectativa de 2 milhões nos dois primeiros anos.

 

# Saiba como você será prejudicado na Reforma da Previdência

Escrito por: Imprensa SEEB Bahia
Fonte Sindicato dos Bancários da Bahia
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!