Reabilitação Profissional

A Reabilitação Profissional é um procedimento visando aproveitar a capacidade laborativa do trabalhador, orientando a empresa quanto às possíveis funções que poderá realizar. A alta médica sem reabilitação profissional, nos casos de LER/DORT, significa expor o trabalhador a risco de agravamento de sua saúde. A reabilitação deve ser iniciada, no entanto, quando o trabalhador não mais estiver em crise. A última etapa da reabilitação é um estágio de 30 dias no trabalho para o qual estiver sendo reabilitado. Se durante a reabilitação ou o estágio houver crise ou agravamento das patologias, deverá ser suspensa e o trabalhador deverá retornar à perícia do INSS.
 
Esse serviço está à disposição dos segurados do INSS, inclusive aposentados e dependentes. Tem como objetivo proporcionar aos segurados e dependentes incapacitados (parcial ou totalmente), os meios indicados para a (re)educação e (re)adaptação profissional e social, de modo que possam voltar a participar do mercado de trabalho.

O atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar, que envolve médicos, assistentes sociais, psicólogos, sociólogos, fisioterapeutas, entre outros.

Os serviços de reabilitação profissional são extensivos aos dependentes de acordo com as disponibilidades técnico-financeiras do INSS.

Dar alta sem reabilitação é colocar o trabalhador em risco.

Primeiro, deve ser feito o “Pedido de Reconsideração”. Se não tiver êxito, deve ser buscado o caminho judicial. Nesse caso, o problema pode ser enfrentado através de Ação Cautelar e Ação Acidentária contra o INSS. 

Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Saúde e Segurança
Atualizado em: 08 de dezembro de 2016

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!