Assédio

Pressão, sobrecarga e adoecimento com a falta de funcionários no Bradesco

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Pressão, sobrecarga e adoecimento com a falta de funcionários no Bradesco

Trabalhadores têm denunciado ao movimento sindical intensas cobranças de metas, incentivo à concorrência dentro do banco e assédio moral.

# Em caso de demissão procure o sindicato imediatamente antes de homologar

 

A falta de funcionários no Bradesco tem causado muita pressão, sobrecarga e, consequentemente, adoecimento de bancários, de caixas a gerentes administrativos. Ao movimento sindical, os trabalhadores têm denunciado intensas cobranças de metas, incentivo à concorrência dentro do banco e assédio moral. A situação ficou ainda mais dramática após o PDVE (Plano de Desligamento Voluntário Especial), pois os funcionários que o banco alega estar contratando ainda não chegaram às agências.

 

Os caixas, por exemplo, são obrigados a realizar procedimentos e transações que fogem de suas funções, inclusive atender ao telefone, o que acaba levando a riscos tanto para bancários quanto para clientes.

 

# Conheça o Departamento Jurídico do Sindicato

 

“O fato de atender ao telefone (durante o atendimento) traz um enorme risco para o cliente final, no sentido dele pensar que estamos passando alguma informação quando ele efetua um saque ou um depósito de uma alta quantia em dinheiro”, relata um bancário.

 

“Os supervisores fazem sobrecarga sobre nós e acabamos passando mais tempo no ambiente de trabalho do que na nossa própria casa... E acabamos cedendo à pressão, com medo de perder o emprego”, diz um outro bancário.

 

O bancário é colocado numa espécie da arena romana. Muitas vezes, devido à situação, isso acaba estimulando assédio moral e conflito entre os próprios companheiros de trabalho.

 

Denuncie

 

Para que a atuação do Sindicato contra as diversas práticas de assédio tenha ainda mais força, é fundamental que os trabalhadores e trabalhadoras denunciem os problemas por meio do fale conosco do site do sindicato. Os relatos podem ser feitos de forma anônima.

 

Outros canais de comunicação do Sindicato são as páginas no facebook e instagram, além do whatsapp. É importante também que a categoria amplia sua capacidade de mobilização por meio da sindicalização. Não fique só, fique sócio!

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome.

 

# Preencha a pesquisa Bancári@s da Baixada Santista (leva no máximo 3 minutos)

Fonte: Com informações SEEB SP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!