Se Liga

Planos econômicos: não aderir a acordo para poupadores é mais vantajoso

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Planos econômicos: não aderir a acordo para poupadores é mais vantajoso

Das cerca de 1 milhão de pessoas que podem aderir ao acordo proposto pela Febraban para poupadores que tiveram perdas financeiras com os planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991), 86 mil se inscreveram até agora desde que a página na internet para esta finalidade foi colocada no ar em maio deste ano.

É fácil entender porque o número de interessados é tão tímido. O jurídico da Afubesp (associação dos empregados da ativa e aposentados do Grupo Santander Banespa, Banesprev e Cabesp) tem feito o cálculo dos associados que ingressaram com ação por meio da entidade e constatou que a perda de dinheiro para quem abre mão de seu processo é avassaladora.

 

“O valor pago no acordo é muito baixo (de 20 a 30%), já que desconsidera todos os juros de mora e contratuais conseguidos no processo, bem como, há ainda um deságio (desconto) no valor a receber”, comenta o advogado Anselmo Silva.

 

# Sindicato combaterá insegurança no Santander com medidas jurídicas

 

Para exemplificar, o profissional cita o caso de um banespiano que ao aceitar os termos do acordo receberá R$ 40 mil. No entanto, se decidir manter a ação o valor aproximado para recebimento é de R$ 230 mil.

 

# Nossos direitos em perigo

 

É importante entender que a decisão de permanecer na Justiça implica em esperar ainda mais. Isso porque, os processos ficarão paralisados durante o acordo, que será encerrado apenas em 1º de março de 2020.

 

“Entendo que não vale a pena fazer os acordos da poupança. Muito embora o fato de que o prosseguimento do processo ainda demorará mais alguns anos, o associado pelo menos receberá todo o valor devido”, conclui o advogado.

 

Mutirão

 

Outro ponto que atrapalha a adesão dos poupadores é a burocracia. É preciso reunir vários documentos e atender muitas exigências apontadas no site. Juntam-se a isso falhas técnicas, como dificuldade para reconhecer documentos inseridos no sistema e para confirmar, por e-mail, a adesão.

 

Desta forma, bancos e tribunais fizeram parceria para, a partir da segunda quinzena de outubro, realizar mutirões de atendimento presencial dos poupadores, seguindo os mesmos termos da plataforma digital. O primeiro ocorre em São Paulo, capital.

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome.

Fonte Afubesp
Postado por Fabiano Couto em Notícias
Atualizado em: 25 de outubro de 2018

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!