Saúde Caixa

Mobilização: Saúde Caixa Para Todos!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Mobilização: Saúde Caixa Para Todos!

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região está entregando carta aberta aos empregados da Caixa Econômica Federal na Baixada Santista hoje, dia 11/9 (quarta-feira), denunciando os ataques do governo para privatizar o banco e sobre a extinção do plano de saúde dos bancários

O Saúde Caixa vem sofrendo ataques da direção da empresa sob as diretrizes do governo federal. A campanha “Saúde Caixa Para Todos” é uma agenda do 35º Conecef, contra resoluções da CGPAR para extinguir o plano de saúde dos empregados e seus beneficiários. Hoje, 11/9, é o Dia Nacional em Defesa do Saúde Caixa.

 

CGPAR - A Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União – a CGPAR, instituição que trata de matérias relacionadas com a governança corporativa nas empresas estatais federais e da administração de participações societárias da União. 

 

Em dezembro de 2017 - O Conselho de Administração do banco alterou o estatuto incluindo um item que impõe a limitação de sua contribuição para a assistência à saúde dos empregados a 6,5% da folha de pagamento, retomando a velha fórmula que não garante sustentabilidade ao programa.

 

Para piorar, em janeiro de 2018 - O Ministério do Planejamento publicou as resoluções CGPAR nº 22 e 23, com determinações para que as empresas estatais reduzam, ainda mais, as despesas com os planos de saúde dos empregados. Além da redução drástica dos recursos a serem destinados à saúde dos empregados, as resoluções da CGPAR impedem que os novos empregados tenham direito ao plano existente. Medida que a Caixa já adotou, determinando que os ingressos na empresa a partir de 1º de setembro de 2018 não tenham mais esse direito.

 

Reembolso de apenas 50% e sem plano na aposentadoria - Os novos trabalhadores apenas terão reembolso de no máximo 50% das despesas com saúde, com critérios estabelecidos unilateralmente pela Caixa, perdendo o direito na aposentadoria.

 

Pessoas Com Deficiência (PCD) sem Saúde Caixa - Por ordem da Justiça, a Caixa está contratando PCDs para cumprir a cota mínima de 5% de funcionários com deficiência, mas se recusa a incluí-los no plano de saúde dos empregados. O banco alega que a CGPAR 23 o proíbe de incluir novos contratados no Saúde Caixa.

 

Só a luta muda a vida

A assistência à saúde permite que o trabalhador possa cuidar da sua saúde e de sua família. Lutamos para que o Saúde Caixa permaneça como um direito dos empregados. Para isso, precisaremos, cada vez mais, de unidade em defesa dos nossos direitos!!!

Escrito por: Gustavo Mesquita
Fonte Comunicação do SEEB de Santos e Região
Postado por Gustavo Mesquita em Notícias
Atualizado em: 11 de setembro de 2019

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!