Sobrecarga

Contratação para a Caixa é obrigação – e necessidade

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Contratação para a Caixa é obrigação – e necessidade

Pedro anunciou a convocação de mil aprovados no concurso de 2014; número é inferior à possibilidade de adesão no PDV e não supre a demanda de PCDs

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou a contratação de mil aprovados no concurso de 2014 para trabalharem em agências. Segundo informações do Estadão Conteúdo publicadas em diversos veículos, entre 50% e 75% dos convocados serão pessoas com deficiência (PCD). Entretanto, o número de contratados ainda fica aquém das necessidades do banco.

 

A Caixa Econômica Federal tinha 85 mil funcionários no final de 2018. Segundo dados da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), no ano passado houve uma redução de 2.728 funcionários no quadro de pessoal do banco. Para piorar a situação, em maio deste ano, Pedro Guimarães anunciou novo programa de demissão voluntária (PDV), com estimativa de reduzir até 3,5 mil postos de trabalho.

 

Paralelamente, a Caixa ainda precisa contratar mais 3,5 mil PCDs para cumprir a cota legal que prevê que empresas com mais de mil trabalhadores tenham 5% dos cargos ocupados por pessoas com deficiência ou reabilitados. Dados da própria Caixa mostram que o índice de trabalhadores com deficiência em atuação é de apenas 1,42%, menos de 1/3 do exigido pela legislação. Tais números levaram o banco público a sofrer condenação no TRT em ação para cobrar a contratação de PCDs, de modo a cumprir o artigo 93 da lei 8.213/91.

 

Pedro Guimarães veio para aprofundar o desmonte da Caixa, de olho na privatização. Com todos estes enxugamentos, os empregados estão ficando cada dia mais sobrecarregados, o que acarreta adoecimento e os deixa sem condições de atender adequadamente a população. O movimento sindical vai continuar cobrando mais contratações e manter forte a luta em defesa do banco público, que é fundamental para o desenvolvimento do País.

Fonte Seeb SP
Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!