Caixa de Assistência dos Funcionários

Banco do Brasil se recusa a discutir proposta de associados da Cassi

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Banco do Brasil se recusa a discutir proposta de associados da Cassi

BB diz que somente aceita analisar propostas que atendam às premissas e limites já discutidos com as entidades representativas

O Banco do Brasil respondeu, na quinta-feira, 10, ao ofício que a Contraf encaminhou com proposta de solução para a Caixa de Assistência dos Funcionários (Cassi). O BB se recusou a discutir a proposta.

 

Na resposta, o banco disse que “resta prejudicada a análise da proposta” devido ao “exíguo tempo que dispomos para encaminhar uma solução definitiva para a Cassi, em função do procedimento de Direção Fiscal em andamento por parte da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o Banco do Brasil só tem como analisar propostas que atendam às premissas e limites amplamente discutidos com as entidades representativas dos funcionários e aposentados ao longo deste ano de 2019.”

 

Na última reunião do Conselho Deliberativo, os conselheiros, por unanimidade, definiram que a Diretoria Executiva e o corpo técnico da Cassi contribuam para que as entidades de representação dos funcionários construam uma solução para a situação da entidade.

 

Em virtude do curto prazo para que se encontre a solução, as entidades de representação dos funcionários e a diretoria executiva da Cassi mantiveram reuniões anteriormente definidas, mesmo durante a análise da proposta, criada por um grupo de 26 funcionários, que foi enviada pelo movimento sindical.

 

As reuniões começaram com a análise dos dados atualizados sobre a situação econômico-financeira da Cassi, e seguiram com reflexões sobre uma solução que seja aceita pelos associados e pelo banco e possibilite o resgate da Caixa de Assistência dos Funcionários. É um trabalho  complexo, principalmente porque o banco se mostra inflexível com relação às premissas já estabelecidas na proposta anterior. Não resta muito tempo, mas é necessário abrir o diálogo para encntrar uma solução.

Fonte Com informações do Seeb SP
Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!