#SempreNaLuta

Sindicato exige do Santander fim do assédio e atenção no plano de saúde

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Sindicato exige do Santander fim do assédio e atenção no plano de saúde

Os dirigentes sindicais ressaltaram aos superintendentes da região que as ações do Sindicato estão sustentadas por dezenas de denúncias anônimas feitas pela categoria

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região se reuniu, nesta quarta-feira, 22, com os superintendentes da regional Santos (Vinícius e Guedes) e de Relações Sindicais (Fabiana) do Santander. Os dirigentes cobraram posturas efetivas do banco para acabar com a exposição de bancários/as em grupos de whatsapp. Na reunião também foi abordada a questão das mudanças do plano de saúde do banco espanhol.

 

Recentemente, o sindicato recebeu diversas denúncias de trabalhadores/as que tinham que postar suas fotos, em grupos de whatsapp, carregando cartazes com a produção diária. Números que deveriam ser sempre acima das metas estabelecidas pelo banco, para demonstrar a suposta “ambição” do/a bancário/a.

 

Diante dessas denúncias de assédio por causa de metas, os superintendentes alegaram que a iniciativa das fotos teria partido dos trabalhadores, o que contradiz os relatos de vários funcionários de diferentes agências.

 

"Os gestores do banco têm plenas condições de determinar que acabe essa prática da exposição no whatsapp. Basta que enviem uma orientação para a categoria. Seguiremos cobrando e atentos para que não se invente qualquer outra prática assediadora", afirmou Eneida Koury, presidente do Sindicato.

 

"O bancário acaba ficando 24 horas conectado de alguma forma ao banco. Além dos problemas da exposição e assédio, há um sério risco de desenvolver doenças físicas e mentais", ressaltou a secretária de Saúde do Sindicato e funcionária do Santander, Sirandi Santos. Os superintendentes ficaram de orientar os funcionários.

 

Plano de saúde

Os dirigentes abordaram também a recente mudança de plano de saúde do Banco, decisão tomada sem consulta à categoria. O Sindicato entrou na justiça com medida cautelar contra a alteração.

 

"Temos inúmeras reclamações de bancários e bancárias sobre a mudança do plano. Ele é mais caro e na Baixada Santista tem uma cobertura menor. Várias pessoas, que estão em tratamento médico ou grávidas, estão com receio sobre o futuro dos seus atendimentos”, afirmou o secretário de Imprensa e Comunicação do Sindicato e funcionário do Santander, Fabiano Couto. Os gestores do banco disseram que estão analisando caso a caso e que pretendem melhorar a comunicação interna sobre esse tema.

 

Para ampliar a atuação do sindicato, é importante que os trabalhadores denunciem, por meio do fale conosco ou direto com os diretores. É fundamental também que a categoria fortaleça as lutas se associando ao sindicato. Só a luta muda a vida!

Fonte: Imprensa Seeb Santos e Região
Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Notícias
Atualizado em: 24 de fevereiro de 2017

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!