Justiça

Trabalhador é demitido ao retornar de tratamento psiquiátrico

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Trabalhador é demitido ao retornar de tratamento psiquiátrico

Tribunal determinou que a empresa o reintegrasse ao quadro de funcionários e pagasse os salários retroativos e indenização.

Um motorista com esquizofrenia foi dispensado pela empresa Vital Engenharia Ambiental logo após retornar de tratamento médico. O trabalhador acionou a companhia na Justiça e conseguiu sua reintegração.

 

Na ação, o funcionário alegou que foi acometido pela doença durante o contrato de trabalho, o que o levou a uma série de afastamentos, e pediu a anulação desta dispensa, argumentando que o empregador não cumpriu sua função social nem respeitou direitos fundamentais. O juízo de primeiro grau, no entanto, julgou o pedido improcedente – decisão que foi mantida pelo TRT-ES. A posição só foi revertida no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

 

O ministro do TST José Roberto Freire Pimenta, relator do caso, fez menção à Súmula 443 do Tribunal, que considera discriminatória a dispensa sem justa causa de trabalhador com doença grave ou estigmatizante. Neste caso, cabe à empresa provar que a demissão se deu por um motivo plausível, razoável e socialmente justificável, de modo a afastar seu caráter discriminatório. Desta forma, o pedido do motorista foi aceito por unanimidade.

 

Além da reintegração, a decisão determina, também, o pagamento dos salários retroativos à rescisão, e o pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 10 mil. As informações são do TST.

 

7 mentiras que contaram para você aceitar a reforma trabalhista em vigor

Fonte: SEEB SP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!