#semprenaluta

Seminário Nacional da Intersindical avança na construção da central

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Seminário Nacional da Intersindical avança na construção da central

O feriado prolongado da Proclamação da República foi de muita reflexão e debate para trabalhadores da Intersindical de todo o Brasil. Entre os dias 15 e 17 de novembro aconteceu, em Cajamar (SP), o Seminário Nacional da Intersindical. A atividade é mais um passo para a formalização da Intersindical como central sindical, ato que acontecerá em março do ano que vem.

A Baixada Santista esteve representada com uma expressiva delegação do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, além de trabalhadores das categorias dos vigilantes, caminhoneiros e Sindsprev. No geral, o Seminário contou com participação 150 pessoas de 15 estados e dos mais variados ramos de atividade.

Bancários, químicos, professores, petroleiros, funcionários dos Correios, jornalistas e servidores públicos são alguns dos militantes que passaram o feriado contribuindo para o aprimoramento do plano de lutas que vai pautar a ação da central sindical e encaminhando as próximas etapas estratégicas. A mesa de abertura da atividade foi coordenada pela secretária geral do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, Eneida Koury, e contou com falas de Edson Carneiro, o Índio, da coordenação nacional da Intersindical, representantes do Movimento Avançando Sindical (Rossano) e Frente Operária Socialista (Silvana).

Logo após, o jornalista Gilberto Maringoni e o deputado federal pelo PSOL, Ivan Valente, apresentaram uma análise de conjuntura com foco no papel dos sindicatos numa perspectiva de esquerda e os desafios para atuação do movimento sindical.

Já no sábado foi debatido o papel da Intersindical, sua concepção e prática sindical. Os trabalhos foram encaminhados por Arlei Medeiros, da Intersindical, e Aldo, do Trabalhadores na Luta Socialista.

Grupos de trabalho e setoriais de luta (educação e mulheres, por exemplo) foram espaços de troca de informações e tempo para refletir como ampliar a militância em favor da classe trabalhadora. No domingo foi feita a síntese de todas as contribuições, que serão sistematizadas para o Congresso da Intersindical, em março de 2014.

Independente e autônoma

Um dos vários pontos de consenso durante o seminário é que a Intersindical se constrói com autonomia e independência de patrões, governos e partidos políticos. A organização os trabalhadores do campo e da cidade por melhores condições de vida e luta contra a exploração capitalista também estão no gene da Intersindical. E a visão é internacionalista, já que existem explorados em todo o mundo.

“Os debates foram muito bons e com representação bastante plural. Foi um seminário que avançou na concepção da Central, que tem muito espaço para crescer”, destacou o presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, e membro da coordenação nacional da Intersindical, Ricardo Saraiva, o Big.

Fonte Imprensa SEEB Santos e Região
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!