Santander demite funcionária após licença maternidade

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Santander demite funcionária após licença maternidade

Após 12 anos trabalhando no Santander, em Porto Alegre, uma funcionária, de 43 anos, foi surpreendida ao voltar da licença maternidade e ver seu antigo cargo preenchido por outra pessoa. 

Com isso, a bancária pediu para mudar de setor, onde não se adaptou e acabou tendo a sua demissão solicitada pelo gestor imediato. O caso foi denunciado na edição de domingo (12), dia das mães, no jornal Zero Hora.

Ao se apresentar para o exame médico demissional, foram constatados diversos problemas de saúde causados por lesões por esforços repetitivos, e a exoneração foi suspensa.

>> Só nesse momento me dei conta do quanto estava mal e entrei em depressão. Assim, fiz uma reflexão de tudo o que me aconteceu e decidi entrar na Justiça por doença de trabalho, além de cobrar as horas extras e a equiparação salarial - relata a bancária.

Principais causas de ações trabalhistas
O jornal também apresentou reportagem sobre os motivos das maiores demandas na Justiça, destacando-se salários, horas extras, danos morais e não recolhimento do FGTS.

Dos cerca de 200 mil processos cadastrados no Tribunal Superior do Trabalho (TST), mais de um quarto destes se referem a honorários (35.785 por horas extras e 21.570 por intervalo intrajornada). 

Além disso, tramitam 19 mil ações relativas a danos morais, 16 mil a terceirizações e 9 mil por adicional de insalubridade. 

No Rio Grande do Sul, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) não tem registros por demandas, mas o cenário é parecido com o nacional:

>> As questões das horas extras, adicional por insalubridade, verbas de rescisão de contrato, reconhecimento de vínculo de emprego e não recolhimento do FGTS são as principais causas de ações trabalhistas no Estado - afirma o juiz Marcelo Bergmann, do TRT4.

Fonte Contraf com Zero Hora
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!