Só pensam em lucro

Pelo segundo trimestre consecutivo, Santander lidera reclamações ao BC

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Pelo segundo trimestre consecutivo, Santander lidera reclamações ao BC

A responsabilidade por tamanha insatisfação é exclusiva da direção do banco e sua ganância sem limites

A lucratividade de um banco está longe de ter correlação direta com a satisfação dos seus clientes. É o que prova o caso do Santander, que tem no Brasil a maior fonte de lucro em todo o mundo, mas liderou o ranking de reclamações de clientes ao Banco Central no 3º e 4º trimestres de 2017 entre as instituições com mais de 4 milhões de clientes.  

 

No 4º trimestre do ano passado, o banco espanhol registrou índice de reclamações 42,87, seguido pela Caixa (33,24) e Bradesco (25,63). Em quarto está o Banrisul (25,06) e em quinto aparece o Banco do Brasil (24,50).

 

As reclamações mais frequentes de clientes do Santander foram: irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços disponíveis em internet banking (588); oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada (207); e irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito (191).

 

A incomoda liderança do ranking de reclamações do BC demonstra que no Santander – banco que teve lucro líquido superior a R$ 7 bilhões nos primeiros 9 meses do ano passado – se pratica uma gestão do midiático Sergio Rial, voltada somente para esse resultado. Desrespeita-se os funcionários, que garantem resultados cada vez mais expressivos, cortando direitos de forma unilateral, o que se agravou após a entrada em vigor da reforma trabalhista. E também desrespeita-se os clientes, que têm atendimento e serviços cada vez mais precarizados, tudo em nome de lucros cada vez maiores. A responsabilidade por tamanha insatisfação é exclusiva da direção do banco e sua ganância sem limites


Índice

Para calcular o índice de reclamações, o BC divide o número de reclamações pelo de clientes e multiplica o resultado por 1.000.000. Quanto maior o índice, pior a classificação da instituição. Antes publicado a cada dois meses, o ranking passou a ser trimestral neste ano.
 

Fonte Seeb SP
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!