Saúde

Novembro Azul: saiba quais são os três tipos de doenças que afetam a próstata

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Novembro Azul: saiba quais são os três tipos de doenças que afetam a próstata

O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Este mês é marcado pela campanha Novembro Azul, que visa conscientizar os homens sobre a importância de cuidar da saúde. O câncer de próstata é o principal tema do período, já que este é o segundo tipo de neoplasia que mais atinge a população masculina — atrás do câncer de pele não-melanoma. O Inca estima que 68.220 novos casos devam surgir este ano, o que equivale a sete diagnósticos por hora.

 

Além do câncer, a próstata pode ser afetada por outras duas doenças: a prostatite (inflamação) e a hiperplasia (aumento) prostática benigna (HPB). Estas três enfermidades podem ser diagnosticadas com o exame de toque retal e a dosagem do PSA no sangue.

 

— Buscamos sempre alertar os homens que uma alteração nestes dois exames pode não ser nada de grave. Não tentem interpretar os resultados. É preciso procurar o urologista para receber uma orientação adequada — afirma Alfredo Canalini, diretor da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).

 

A partir dos 50 anos, os homens devem se consultar anualmente com um urologista. Mas aqueles que têm casos de câncer de próstata em parentes próximos (pai, irmãos ou tios) precisam procurar atendimento com um especialista aos 45 anos, porque fazem parte do grupo de risco, assim como os negros, que, segundo estudos, são mais propensos a desenvolver esse tipo de câncer mais cedo.

 

Em sua fase inicial, o câncer de próstata tem evolução silenciosa e não apresenta sintomas alarmantes. Por isso, é importante ir frequentemente ao urologista para diagnosticar a doença no começo.

 

— Quando descobrimos o câncer precocemente, tratamos a doença com a intenção de curar (há casos em que o recomendado é a “observação vigilante”, ou seja, acompanhamento). O tratamento ouro (o mais recomendado) que se faz é a cirurgia — diz o urologista Mauricio Rubinstein.

 

A radioterapia e o tratamento hormonal também são usados para combater o câncer de próstata.

 

Fique atento

 

Prostatite

 

É uma inflamação na próstata que chega a atingir quase 30% dos homens.

 

Sintomas

 

Esta doença geralmente é assintomática, mas quando dá sintomas, os mais frequentes são: ardor ou queimação ou um desconforto junto ao orgasmo, esperma de cor amarelada, vontade frequente de urinar

 

Tratamento

 

O tratamento é feito com antibiótico e por um período mais longo do que os tratamentos habituais

 

Hiperplasia prostática benigna (HPB)

 

O tumor benigno é mais frequente quanto maior for a idade do paciente e chega a atingir quase 70% dos homens acima de 70 anos. A doença se caracteriza por um aumento da próstata apenas no local

 

Sintomas

 

O aumento benigno da próstata passa a ser um problema quando ela dificulta a passagem da urina. Por isso, os homens podem apresentar vontade de urinar várias vezes durante a noite, aumento da frequência de idas ao banheiro durante o dia, demora para iniciar a micção, diminuição da força e do calibre do jato urinário e sensação de urgência para urinar e às vezes até perda de urina nessas situações

 

Tratamento

 

Pode ser clínico com o uso de remédios que melhoram os sintomas que a obstrução produz na uretra ou medicamentos que bloqueiam o crescimento da próstata. A cirurgia da HPB é recomendada quando o tratamento clínico não é efetivo ou quando a obstrução já é muito intensa

 

Câncer

 

É um tumor maligno que surge na próstata. A doença chega a atingir em torno de 16% dos homens e a sua frequência aumenta com a idade

 

Sintomas

 

Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (HPB )

 

Tratamento

 

Quando diagnosticado nas fases iniciais, a cirurgia ou a radioterapia podem curar o câncer da próstata. Em fases mais avançadas, o câncer pode ser neutralizado com o bloqueio da ação da testosterona. O hormônio é responsável pela "alimentação" da próstata

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe o banco onde trabalha e seu nome.

 

Fonte Jornal Extra, Inca e Sociedade Brasileira de Urologia
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!