INSS

Não há consenso sobre reforma da Previdência

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Não há consenso sobre reforma da Previdência

Segundo pesquisa, dos 308 votos necessários na Câmara, governo só tem 95 a favor do projeto

Aprovar a reforma da Previdência não é tão fácil como talvez o governo Bolsonaro pense. E se depender da resistência das forças progressistas não passará no Congresso Nacional. Segundo pesquisa feita pela empresa de consultoria Atlas Político para o jornal Valor Econômico, dos 308 votos necessários na Câmara Federal, o presidente só tem 95 a favor do projeto.

 

De acordo com o levantamento, 145 deputados se dizem contrários à proposta, 54 apoiam parcialmente e 216 se dizem indefinidos. A verdade é que quem realmente apoia o projeto é o mercado e a imprensa comercial.

 

Um dos argumentos utilizados pelo governo para aprovar a reforma é duvidoso. A projeção é de que haveria economia de R$ 1,1 trilhão aos cofres públicos em 10 anos com a aprovação da medida. No entanto, em juros da dívida, o governo pagou aos bancos e rentistas cinco vezes mais do que esse valor nos últimos 20 anos.

 

A reforma da Previdência não tem aceitação popular. Prevê 40 anos de contribuição para receber aposentadoria integral e idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres. Também cria o regime de capitalização, em que o trabalhador terá de abrir uma conta individual para fazer uma espécie de poupança e depositar um percentual do salário mensalmente.

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome

Escrito por: Imprensa SEEB Bahia
Fonte Sindicato dos Bancários da Bahia
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!