À custa da classe trabalhadora

Lucrão para poucos, demissão para muitos

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Lucrão para poucos, demissão para muitos

Esse é o modus operandi dos bancos no Brasil: trabalho dos bancários resultou em crescimento de 20,4% nos ganhos dos cinco maiores, mas mais de 17 mil perderam seus empregos

Muito trabalho, resultados excelentes e, no final de tudo, demissão. Assim atuam os bancos no Brasil. De acordo com a Pesquisa de Emprego Bancário (PEB) do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgada na terça-feira, 2, pelo Dieese, as instituições financeiras fecharam 17.711 postos de trabalho no país entre janeiro e novembro de 2017. O saldo negativo foi 53,7% superior em relação ao mesmo período em 2016.

 

O balanço dos 5 maiores bancos, no entanto, aponta que entre janeiro e setembro de 2017, o lucro de BB, Caixa, Itaú, Bradesco e Santander foi da ordem de R$ 54,1bilhões, aumento de 20,4% em relação ao mesmo período de 2016.

 

Esses mesmos bancos que extinguiram milhares de postos de trabalho e fecharam de 1.188 agências entre janeiro a setembro de 2017  acumularam ganhos absurdos em 2017. Ou seja, poucos seguem ganhando muito à custa de milhões de trabalhadores. Os bancos apoiaram o golpe e não foi à toa. O desmonte trabalhista veio para facilitar a vida dos maus empregadores. Só com a mobilização da categoria conseguiremos resistir.

 

Leia também

Bancos fecham 17.711 postos de trabalho de janeiro a novembro de 2017

 

Fonte: Com informações do Seeb SP
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!