Transfobia

LGBT's: chega de violência!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
LGBT

A homofobia consiste no ódio e repulsa por homossexuais, atitude que deve ser combatida para que seja possível formar uma sociedade que esteja baseada na tolerância e respeito ao próximo, independente da sua orientação sexual

Uma morte a cada 16 horas. Conviver com o risco de morte por ser quem se é ou amar quem se ama faz parte do cotidiano de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) no Brasil. Para lutar contra este destino violento, o 17 de maio foi escolhido como o Dia Mundial de Luta contra a Homofobia.

 

Dados tabulados por Julio Pinheiro Cardia, ex-coordenador da Diretoria de Promoção dos Direitos LGBT do Ministério dos Direitos Humanos – hoje Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado pela homofóbica Damares Alves –, a pedido de um site, revelam que 8.027 pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis ou transexuais foram assassinadas no Brasil entre 1963 e 2018 em razão de orientação sexual ou identidade de gênero.

 

No estudo, ele levantou denúncias de assassinato registradas por ONGs, entidades nacionais e órgãos governamentais entre 2011 e 2018, e o resultado equivale a 552 mortes por ano, ou uma vítima de homofobia a cada 16 horas no país.

 

Sobre a data


A data foi escolhida porque em dia 17 de maio de 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS), após pressão da comunidade LGBT, excluiu a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças, (CID). No Brasil, a data foi instituída através de decreto presidencial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome

Escrito por: Imprensa SEEB SP
Fonte Sindicato dos Bancários de SP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!