Justiça do Trabalho

Justiça anula sentença que obrigava ex-bancária a pagar R$ 67,5 mil ao Itaú

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Justiça anula sentença que obrigava ex-bancária a pagar R$ 67,5 mil ao Itaú

Os R$ 67,5 mil são os valores que têm que ser pagos aos advogados, chamados de honorários sucumbenciais

Uma ex-bancária do Itaú não terá que pagar R$ 67,5 mil por ter perdido um processo contra o banco.

 

Ela tinha sido condenada em 1ª instância a pagar, mas o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio de Janeiro anulou a sentença. A informação é da UOL.

 

Os R$ 67,5 mil são os valores que têm que ser pagos aos advogados, chamados de honorários sucumbenciais.

 

Reforma Trabalhista

A ação contra o banco foi ajuizada em julho do ano passado, mas o juiz da 1ª instância julgou baseado nas novas leis trabalhistas, que começaram a valer em novembro e trazem prejuízos à classe trabalhadora.

 

Uma das alterações na lei faz com que quem perde o processo tenha que pagar as custas de quem vence.

 

Porém, o TRT usou uma instrução normativa do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para anular a sentença. A instrução diz que a reforma trabalhista só deve ser utilizada em ações ajuizadas depois que a nova legislação começou a valer. O Itaú ainda pode recorrer.

Fonte Com informações da UOL
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!