Itaú lucra R$ 7,2 bi enquanto demite 9 mil pessoas

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Itaú lucra R$ 7,2 bi enquanto demite 9 mil pessoas

Trabalhadores com câncer estão entre os demitidos

O maior banco privado do Brasil, Itaú, divulgou no último dia 24 de julho seu balanço semestral. Lá consta o lucro de R$ 7,2 bi, no entanto, a análise do banco é omisso acerca das 9 mil demissões de trabalhadores(as) que ocorreram no período  de junho/2011 a junho/2012. Big, presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e coordenador da INTERSINDICAL, afirma que “os lucros apresentados pelo Itaú não são obtidos em um lugar do mundo” e frisa que “o Itaú continua demitindo, apesar de o Roberto Setubal e Pedro Moreira Salles terem declarado, em 2008, que após a fusão não haveria demissão”.

Foram demitidas até pessoas com câncer que, por estarem sem salário, provavelmente encontraram dificuldades para arcarem – unido a contribuição individual e a do banco – com a continuidade do convênio médico. Como se não bastasse, o médico do banco, mesmo alertados pelos trabalhadores, omitia nos atestados a informação sobre o diagnóstico que confirmava o câncer.

Carlão do ES, coordenador geral do sindicato dos bancários do Espírito Santo, diz que é a exploração dos trabalhadores bancários e dos clientes a fonte de lucro da instituição financeira. Segundo ele, no caso das demissões, serve como estratégia para intimidar novos funcionários. “Nas demissões são desligados os trabalhadores que têm um tempo médio de casa, a chamada ‘rotatividade’, para dividir os bancários que estão começando com um salário base”, afirma. E continua, “temos que cobrar das autoridades, sobretudo do Governo Federal a questão de aplicar a Convenção 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT)”.

“Barbárie e desumanidade são palavras leves para se descrever o que o Itaú fez do ano passado até aqui para com o seu funcionalismo. Que essa situação sirva de indignação e que sirva para mobilizar o funcionalismo do Itaú a se engajar na campanha salarial que ora se inicia”, afirma Mané Gabeira, diretor do sindicato e militante do Coletivo Bancários na Luta / INTERSINDICAL.

Contudo, tal resultado robusto – de R$ 7,2 bi – poderia ter sido maior caso o banco não tivesse aumentado em 26,7% as despesas para a provisão de créditos de liquidação duvidosa. Há que se lembrar que tal provisão é uma estimativa, uma especulação e até um disparate pois ela é 38 vezes maior do que o aumento da inadimplência no período (0,7%). Fazendo tal “maquiagem” no balanço, o Itaú quer demonstrar que teve um lucro menor que o esperado.

Fonte Intersindical
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!