Se Liga

II Fórum Social da Baixada Santista discute participação popular

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
II Fórum Social da Baixada Santista discute participação popular

Nos dias 8, 9 e 10 de novembro, será realizado o II Fórum Social da Baixada Santista, num momento em que o País está marcado por grave crise econômica, social e política; o tema central desse Fórum será a "Defesa da Democracia e o Fortalecimento da Participação Popular", reafirmando os pressupostos fundamentais do primeiro Fórum: Resistência Popular, Participação e Justiça Social

Com o tema "Defesa e fortalecimento da participação popular!", a segunda edição do Fórum Social Baixada Santista (II FSBS), em Santos (SP), terá abertura oficial no dia 8 de novembro próximo (sexta-feira), às 14h, no campus da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na Rua Carvalho de Mendonça, 144. O coordenador geral do Fórum da Cidadania de Santos, entidade organizadora, o advogado Sérgio Sérvulo, fará a apresentação do texto-base do evento, que termina no domingo, 10.

 

Diversas mesas temáticas e cerca de 50 atividades autogeridas propostas por entidades e movimentos sociais, além de intervenções culturais, comporão o II FSBS, que serão realizadas em diversos locais, como no campus da Unifesp da Silva Jardim (Rua Silva Jardim, 136, Vila Mathias); na sede do Fórum da Cidadania, na Estação da Cidadania (Avenida Ana Costa, 340, Campo Grande) e Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida).

 

Temas como Economia de Francisco, Protagonismo juvenil, os desafios para a construção de um modelo democrático de gestão na Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS), o papel dos movimentos sociais, educação, meio ambiente, questões raciais e de gênero, violência contra a mulher, economia solidária, redes sociais e mídia independente em tempos de fake news serão amplamente debatidos por convidados e participantes.

 

O coordenador do site Articulação Brasileira pela Economia de Francisco, Sérgio Storch, e a educadora ambiental Ingrid Furlan Oberg, participante do Sínodo da Amazônia realizado, recentemente, em Roma, por iniciativa do Papa Francisco, farão considerações sobre a Economia de Francisco, encontro mundial, promovido em Assis, Itália, em março de 2020, para repensar a economia global. Os urbanistas Vicente Trevas e Tereza Herling discorrem sobre a região metropolitana e seus descompassos. Já a docente do curso de Arquitetura e Urbanismo da UniSantos e coordenadora do Observatório Socioespacial da Baixada Santista (Observa BS), Mônica Antonia Viana, apresenta o Projeto Brasil Cidades (BrCidades): rede de ação coletiva pela agenda urbana.

 

O advogado, coordenador nacional da Central de Movimentos Populares (CMP) e membro da coordenação nacional da Frente Brasil Popular (FBP), Raimundo Bonfim traz a discussão sobre o papel dos movimentos populares frente à conjuntura de desmonte das políticas públicas e os impactos nas regiões metropolitanas.

 

Nos períodos da manhã e tarde, encontros das vítimas da Rodhia e discussão sobre a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), com representantes dos usuários e gestores de saúde também integram as atividades.

 

Às 19 horas, após a apresentação do Grupo Vozes, do Sindicato dos Bancários de Santos, o painel sobre as redes sociais terá a presença de profissionais da comunicação, como Renata Mielli, do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé e do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação; Cynara Menezes, do Blog Socialista Morena, além de Igor Santos, do Coletivo Jornalistas Livres, e Renato Rovai, da Revista Fórum. A mediação será feita por Lidiane Diniz, também jornalista e professora universitária.

 

No sábado (09/11), das 9 às 18 horas, no campus Silva Jardim da Unifesp, será as vez dos diversos debates propostos pelas atividades autogeridas inscritas pelos movimentos sociais: violência contra a mulher, comunicação, cultura e cidadania, cooperativismo e outros relacionados à resistência popular, participação e justiça social. No início da noite, mais intervenções artísticas, com direção do músico Danilo Nunes, no Sindipetro (Avenida Conselheiro Nébias, 248), a partir das 20h30.

 

No dia 10, domingo, das 9 às 14 horas, na Estação da Cidadania (Avenida Ana Costa, 340), Festa Popular com diversas atividades, como feira solidária e de produtos orgânicos, intervenções culturais, uma delas a apresentação do Coral Cravos e Rosas, da Apeoesp, a exposição da fotógrafa Bete Nagô "Mulheres de Luta: força e pluralidade", batalha de slam, música e literatura e oficina de bordados do Coletivo Linhas de Santos.

 

O encerramento acontece no Sesc Santos, das 16 às 19 horas, com a plenária que terá roda de conversa sobre "Outra economia é possível e Economia de Francisco", com o arquiteto e um dos idealizadores do Fórum Social Mundial, Chico Whitaker, e o economista e professor universitário Ladislau Dowbor, seguido de debate e encaminhamentos e deliberações sobre a continuidade do II FSBS.

 

Ao final, a atividade homenageará personalidades que foram atuantes e defensoras da democracia e participação popular para Ernesto Zwarg, Gemma Rebello, Helle Alves, Irmã Maria Dolores, Maria Lúcia Prandi e Suely Morgado.

 

Programação

 

>> 8 de novembro (sexta-feira)

 

Local: auditório da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus Carvalho de Mendonça

 

14 horas: Abertura

 

Apresentação dos objetivos do II FSBS

 

Expositores:

 

· Sérgio Sérvulo da Cunha, coordenador geral do Fórum da Cidadania de Santos

 

· Odair Aguiar Júnior, professor e diretor do campus da Unifesp Baixada Santista

 

14h30 - Mesa "Economia de Francisco"

 

Expositores:

 

· D. Tarcísio Scaramussa, Bispo Diocesano de Santos

 

· Sérgio Storch, coordenador do site da Articulação Brasileira pela Economia de Francisco e cofundador e secretário da Frente Interreligiosa Dom Paulo Evaristo Arns" por Justiça e Paz

 

· Ingrid Furlan Oberg, educadora ambiental participante do Sínodo da Amazônia, em Roma

 

Mediação: José Pascoal Vaz, economista e professor universitário

 

16h30 - Mesa "Protagonismo juvenil e políticas públicas para a juventude"

 

Expositores:

 

· Maria Izabel Calil Stamato, professora doutora e coordenadora do Mestrado em Psicologia, Desenvolvimento e Políticas Públicas da UniSantos

 

· Ivanise Monfredini, professora doutora, suplente do Conselho Municipal de Educação; Mestrado em Psicologia, Desenvolvimento e Políticas Públicas da UniSantos

 

· Edmir Nascimento, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA)

 

18h30

 

Lançamento do livro Guarnicendo uma nova geração: o protagonismo juvenil no Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), organizado por Raimundo Palhano - São Luiz: Engenho, 2019

 

Atenção: esta mesa será na UniSantos, campus D. Idílio José Soares (Avenida Conselheiro Nébias, 300)

 

16h30 - Mesa "Região Metropolitana da Baixada Santista em questão": Desafios para a construção de uma governança metropolitana democrática

 

Expositor:


Vicente Trevas, urbanista e presidente da Agência Sul americana de Cooperação e Gestão Estratégica de Políticas Públicas

 

A Região Metropolitana da Baixada Santista (RMB) e os (des)compassos da Gestão Metropolitana

 

Expositora


Mônica Viana, da coordenação do Observa Baixada Santista (UniSantos) e do Grupo de trabalho Direito à Cidade da Rede Nossa Santos Sustentável

 

O papel dos movimentos populares frente à conjuntura de desmonte das políticas públicas e os Impactos nas regiões metropolitanas

 

Expositor


Raimundo Bonfim, coordenador nacional da Central de Movimentos Populares (CMP)

 

Considerações sobre o Projeto Brasil Cidades (BrCidades): rede de ação coletiva pela agenda urbana

 

Expositora


Tereza Herling, Tereza Herling, doutora em arquitetura pela FAU-USP, ex-secretária adjunta municipal de Desenvolvimento Urbano de São Paulo e professora da FAU-Mackenzie

 

Mediação: Paula Ravanelli Losada, da coordenação da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia ( ABJD ), Núcleo Baixada Santista

 

16h30 – Mesa "A Defesa do SUS, da Democracia e da Saúde na Baixada Santista como Direito de Cidadania"

 

( Sala 401)

 

Coordenação: Arthur Chioro, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e ex-ministro da Saúde.

 

Expositores:

 

(lideranças comunitárias que atuam nos diversos segmentos das Políticas de Saúde)

 

· Idreno de Almeida, conselhos de saúde – conselheiros da sociedade civil

 

· Aurélia Rios, movimentos sociais de saúde

 

· Cristina Bis, trabalhadores da saúde

 

· Ubiratan de Paula Souza, Instituto do Coração (Incor)

 

· Roberto Tikanori, universidades

 

· Fábio Crivellari Miranda, gestores de saúde

 

19 horas – Apresentação do Grupo Vozes do Sindicato dos Bancários de Santos

 

19h30 – Mesa "O Papel das Redes Sociais e da Mídia Independente na Luta pela Democracia em Tempos de Fake News"

 

Expositores:

 

· Cynara Menezes, jornalista do Blog Socialista Morena

 

· Igor Santos, colunista do Coletivo Jornalistas Livres. Fez parte da equipe que criou a vacina anti-fake news na campanha do professor Haddad

 

· Renata Mielli, jornalista e coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação; secretária do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé e do Conselho de Comunicação da Câmara dos Deputados; integrante da Coalizão Direitos na Rede

 

· Renato Rovai, diretor de redação da Revista Fórum

 

Mediação: Lidiane Diniz, jornalista e professora universitária

 

>> 09 de novembro (sábado) - atividades autogeridas

 

Local: Unifesp campus Silva Jardim (Rua Silva Jardim, 136)

 

Das 8h30 às 11 horas - 11h às 13h30 - 14h00 às 16h30

 

20h30 - Anfiteatro do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro), na Avenida Conselheiro Nébias, 248, Paquetá

 

Evento Cultural: Arte e Cidadania: intervenções artísticas com músicos e poetas da região

 

Direção artística: Danilo Nunes

 

>> 10 de novembro (domingo)

 

9 às 14 horas – Estação da cidadania (Avenida Ana Costa 340)

 

Festa Popular

 

· Apresentação do Coral Cravos e Rosas, da Apeoesp

 

· Feira de produtos orgânicos

 

· Feira de produtos de empreendimentos de economia solidária

 

· Intervenções Artísticas

 

· I Encontro de Conselhos Municipais de Cultura da Baixada Santista

 

· Ação Cultural (União Municipal dos Estudantes Secundaristas) UMES

Atividades de Jardinagem e Educação Ambiental

 

· Exposição da fotógrafa Bete Nagô: Mulheres de Luta: força e pluralidade

 

· Oficina de bordados do Coletivo Linhas de Santos

 

16 às 19 horas – SESC Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136)

 

· Plenária de Encerramento do II FÓRUM SOCIAL DA BAIXADA SANTISTA (II FSBS)

 

· Roda de Conversa Outra economia é possível e Economia de Francisco

 

Expositores

 

Chico Whitaker, arquiteto, político e ativista social, idealizador do Fórum Social Mundial e

Ladislau Dowbor, economista e professor universitário

 

· Debate, encaminhamentos e deliberações sobre ações de continuidade do II FSBS

 

· Homenagem e concessão do título de cidadão e cidadã metropolitana às seguintes personalidades: Ernesto Zwarg, Gemma Rebello, Helle Alves, Irmã Maria Dolores, Maria Lúcia Prandi e Suely Morgado

 

Sobre o II FSBS


Tem como objetivo fortalecer a sociedade civil para exigir transparência e exercer o controle social junto à gestão pública regional. E é inspirado no lema, nas linhas gerais programáticas e na metodologia de autogestão dos debates do Fórum Social Mundial, evento mundial realizado desde 2001 e organizado por movimentos sociais para a transformação social global. De caráter suprapartidário, plural e participativo, o II FSBS é organizado e coordenado pelo Fórum da Cidadania de Santos em parceria com outras instituições e grupos da Baixada Santista, como a Universidade do Estado de São Paulo (Unifesp), Rádio Brasil Atual (RBA) FM 93,3, Settaport, Sindipetro e Sesc Santos, além de diversas entidades e movimentos sociais.

 

Para Sérgio Sérvulo da Cunha, coordenador geral do Fórum da Cidadania, esta segunda edição do FSBS é ainda mais importante do que o I Fórum, em razão da alteração da correlação de forças políticas neste novo (velho) governo, com a acentuação das desigualdades quando a justiça social e a distribuição de renda necessita ser uma bandeira de todos e todas. Para ele, "A democracia só se aprimora quando a sociedade civil se apropria das políticas publicas e do interesse coletivo, garantindo sua participação nas diversas instâncias".

 

Atividades autogeridas


Como aconteceu na primeira edição, na programação do II FSBS, instituições da sociedade civil, como associações, movimentos sociais e estudantis, coletivos feministas, sindicatos, entidades ambientalistas e universidades, sediadas nos municípios da Baixada Santista, inscreveram diversos temas relacionados às suas áreas de atuação que serão apresentadas por meio de debates, mesas redondas, painéis, exibição de vídeo e outros. O público pode escolher quais atividades autogeridas participar, pois elas serão realizadas simultaneamente.

 

Todas as atividades inscritas estão divulgadas na página https://www.forumsocialbs.org/ e no Facebook: https://www.facebook.com/forumsocialbaixadasantista/

 

Contribuição financeira


A organização do II FSBS não receberá nenhum tipo de subvenção do poder público. Portanto, conta com a contribuição e o engajamento de cidadãos e cidadãs conscientes e socialmente participativos para viabilizar o evento.

 

Quem quiser e puder pode depositar ou transferir valores para o Banco Santander (033), Agência 2151, Conta Corrente 13. 001153.5, em nome da Concidadania CNPJ 07.497.673/0001-48. Encaminhe o comprovante pelo e-mail ou telefone e informe seu nome para (13) 3221 234. As contribuições também podem ser feitas pessoalmente, na Estação da Cidadania de Santos, Av. Ana Costa, 340, bairro da Encruzilhada, em Santos (SP), de segunda à sexta-feira, das 15h30 às 20h30.

 

Neste caso, a doação poderá ser feita em dinheiro ou no cartão de débito/crédito.

 

Cada doador(a) receberá um recibo correspondente à sua doação. Para outras informações, acesse a página do Facebook: https://www.facebook.com/forumsocialbaixadasantista/ e assista a um vídeo sobre o II FSBS.

Escrito por: Redação Portogente
Fonte Portogente - 03/11
Postado por Fabiano Couto em Notícias
Atualizado em: 07 de novembro de 2019

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!