Reforma da Previdência

Hoje: Ato Nacional pela educação, contra a Reforma e privatizações!!!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Hoje: Ato Nacional pela educação, contra a Reforma e privatizações!!!

Hoje, terça-feira (13/8), 18h, na Estação da Cidadania, Av. Ana Costa, 340, em Santos/SP

 

Hoje terça-feira (13) na Estação Cidadania, em Santos, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora, Sindicato dos Bancários de Santos e Região, demais centrais e sindicatos, entidades estudantis e movimentos sociais protestam contra a agenda de retrocessos do governo Bolsonaro (PSL). A concentração será a partir das 18h, o ato é nacional e ocorre em diversas capitais e grandes cidades do país.



O ponto de partida do protesto será a denúncia aos cortes e ataques generalizados na educação, assim como as ameaças à autonomia universitária. Universidades e Institutos Federais estão entre os mais afetados, mas a educação básica também está sob risco. Um novo bloqueio no orçamento do MEC no valor de R$ 348 milhões, divulgado  no dia 7 de agosto, afetará a compra e a distribuição de centenas livros didáticos que atenderiam crianças do ensino fundamental de todo o país.



Também envolve o ataque aos direitos da população, contra a reforma da previdência e as privatizações, com destaque para a as reestruturações implantadas no Banco do Brasil e Caixa com objetivo de privatizá-los, a venda de metade do parque de refino nacional, os leilões do petróleo, a privatização dos Correios e Eletrobrás.



Unidos, trabalhadores e estudantes, podem mais!

 Trabalhadores e estudantes uniram-se para combater os ataques do governo Bolsonaro aos direitos, a aposentadoria da população e à educação pública em todos os níveis. A Justiça de Moro autorizou o uso da Força Nacional como "prevenção contra possíveis atos de vandalismo de estudantes”. Trata-se de mais uma medida que reforça a escalada autoritária do governo.



Para tudo isso, o governo utilizou da velha política, tão criticada por Bolsonaro, e comprou o apoio de boa parte do Congresso Nacional. Só no 1º turno da votação foram liberados, via emendas parlamentares, mais de R$ 2 bilhões.

 

Reportagem recente da Folha de S. Paulo demonstrou que dos R$ 3 bilhões que Bolsonaro pretende remanejar para pagar os deputados e senadores vendilhões cerca de R$ 926 milhões virão do orçamento da Educação. Eleitos pela Baixada Santista, Rosana Valle (PSB) e Júnior Bozzella (PSL) votaram SIM à Reforma da Previdência traindo seus eleitores. Por isso, também serão denunciados durante o ato. A única saída é sair nas ruas e se mobilizar contra as maldades contra o povo!!!

Escrito por: Gustavo Mesquita
Fonte Comunicação do SEEB de Santos e Região com SindipetroLP
Postado por Gustavo Mesquita em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!