Banco Central

Guru de Bolsonaro quer entregar BC aos sanguessugas do sistema financeiro

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Guru de Bolsonaro quer entregar BC aos sanguessugas do sistema financeiroFernando Frazão / Agência Brasil

Independência do Banco Central (BC) é projeto dos sonhos dos rentistas

O banqueiro Paulo Guedes, indicado por Bolsonaro para o Ministério da Fazenda, afirmou nesta terça-feira,30, que o governo recém-eleito deve encaminhar ao Congresso projeto para conferir independência do Banco Central. Segundo o guru do capitão, essa será a última vez que um governo vai indicar um novo presidente da instituição.

 

Além de passar “de papel passado” o comando da economia para os barões do capital financeiro, colocando de vez a raposa para cuidar do galinheiro, Paulo Guedes reafirmou o convite ao atual presidente do BC, o banqueiro Ilan Goldfayn, ligado ao maior banco privado do país, o Itaú.

 

A manutenção de Ilan no BC indica o que a Intersindical vem denunciando nos últimos meses: na economia, Bolsonaro é Temer! Bolsonaro foi Temer na deforma trabalhista, foi Temer nas privatizações e agora deve manter boa parte da equipe econômica do amigo do Rocha Loures.

 

Se é verdade que o Banco Central nunca deixou de ser um escritório de representação da banca privada, é verdade também que mudar o estatuto legal para a chamada independência significaria oficializar a entrega do BC aos sanguessugas do sistema financeiro.

 

“Os níveis de emprego, o ritmo de atividade econômica e o poder de compra dos salários, por exemplo, ficarão absolutamente sob o controle dos maganos, nacionais ou estrangeiros”, afirma Edson Carneiro Indio, bancário e Secretário Geral da Intersindical.

 

Projeto dos sonhos dos rentistas, a independência do Banco Central jamais conseguiu avançar no país, dado à resistência dos setores sociais comprometidos com a soberania nacional e a soberania do voto popular, já que os governos eleitos terão reduzidos os instrumentos fundamentais de política econômica capazes de promover pleno emprego, desenvolvimento social e distribuição de renda.

Fonte Intersindical - Central da Classe Trabalhadora
Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!