Saúde

Entenda como os exercícios físicos auxiliam no combate à depressão

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Entenda como os exercícios físicos auxiliam no combate à depressão

Nos dias de hoje, a depressão é a doença psiquiátrica mais frequente em todo o mundo. Ela chega a atingir 25% das mulheres e 10% dos homens, abrangendo todas as faixas etárias. Porém, a prática contínua de exercícios físicos é uma boa forma de combater e prevenir a depressão.

A atividade física moderada e constante, de uma forma geral, tem efeitos benéficos para saúde e, a nível psicológico, pode diminuir a ansiedade, melhorar a autoconfiança, reduzir o estresse e a preguiça.

 

# Não fique só, Fique Sócio

 

Quando aliado a tratamentos e acompanhamento médico e psicológico, os exercícios podem promover grandes benefícios para a saúde mental. Se você se interessa pelo tema e deseja saber mais a respeito, continue lendo o texto até o fim!

 

Lute contra a depressão


A depressão é uma doença que está associada geralmente a fatores psicológicos, biológicos e genéticos. Os exercícios físicos podem diminuir os sintomas da doença, pois estimulam o cérebro a liberar mais endorfinas, modificam os estímulos cerebrais negativos e recuperam o humor do paciente deprimido.

 

Trata-se de uma doença absolutamente grave. Ou seja, para obter resultados satisfatórios, é preciso que um rigoroso tratamento multidisciplinar seja seguido, com o auxílio de médicos, psicólogos e familiares, especialmente. A partir dessa combinação, fica mais fácil passar pelo momento difícil e cuidar da saúde mental.

 

Alivie o estresse


O estresse é uma forma que nosso corpo tem para se adaptar a mudanças e reagir a determinadas situações que exigem grande esforço físico ou mental. Muitas vezes, ele está associado a quadros depressivos.

 

Seus sintomas podem afetar a saúde de uma pessoa de formas e graus diferentes. Alguns exemplos são a redução da concentração, queda da resistência imunológica, irritabilidade, mau humor, baixa de libido, cansaço e depressão. Podem surgir também doenças psicossomáticas e alguns problemas dermatológicos.

 

Para um alívio significativo do estresse, é indicada a prática de esportes como Muay Thai, Kung Fu ou outras artes marciais, pois elas provocam uma grande liberação de endorfina e relaxamento dos músculos. Com esses efeitos, a melhoria do sono também se torna perceptível.

 

Reduza a ansiedade


Sem dúvida, colocar o corpo em ação é uma das medidas mais indicadas para pessoas ansiosas. A ansiedade, assim como o estresse, está frequentemente ligada à presença de depressão. Quem passa por crises dessa enfermidade psicológica pode utilizar o treino para descarregar as tensões e relaxar. No entanto, essa atitude só é eficiente para pessoas que se exercitam com certa periodicidade.

 

Exercícios que trabalhem o corpo e a mente em conjunto são indicados para esses casos. A dança e o pilates, por exemplo, podem trazer grandes benefícios para pessoas ansiosas, que têm uma frequente dificuldade de acalmar a mente e extravasar as energias de maneira construtiva.

 

Combata a depressão com a ajuda de exercícios físicos


A depressão é considerada por muitos como “a doença do século”. Para auxiliar em seu combate, é indicada a prática de atividades físicas aeróbicas de forma moderada, que tenham uma frequência cardíaca em torno de 75% da máxima, pelo menos três vezes por semana.

 

Pequenos esforços, como andar a pé e subir escadas, também podem ajudar. No entanto, para obter resultados duradouros, é recomendado que as atividades físicas sejam praticadas de forma regular e integrem um conjunto de hábitos saudáveis.

 

Quais exercícios praticar?


Existem aulas animadas e bastante dinâmicas. O Jump e também aulas coletivas, como Zumba ou ginástica, são bons exemplos disso. Afinal, além de auxiliarem na queima de gordura, eles também ajudam na produção de endorfina e trabalham o corpo inteiro.

 

A prática de lutas e artes marciais também é bastante recomendada, assim como atividades aquáticas (natação e hidroginástica). Veja, logo abaixo, algumas modalidades que podem ser muito agregadoras para pessoas depressivas.

 

Natação


Auxilia muito no emagrecimento e, por conta disso, melhora a autoestima, causando um efeito demasiadamente positivo para quem é depressivo. Como se isso não bastasse, nadar é um dos esportes que mais gera benefícios para a saúde de seus praticantes.

 

Tradicionalmente indicada para aqueles que sofrem com problemas respiratórios, ela pode ser feita em família, o que fortalece seu potencial para ser extremamente divertida, acarretando vantagens não só físicas, mas também psicológicas. Confira outros pontos positivos da natação:

 

não traz impacto para as articulações;


trabalha o corpo todo;


auxilia no desenvolvimento motor das crianças;


não tem restrições de idade (pode ser praticada a partir dos 6 meses de idade);


melhora a postura corporal;


dá confiança aos mais jovens;


fortalece a musculatura;


estimula a interação social;


reduz a gordura corporal;


alivia a tensão;


aumenta a capacidade respiratória;


diminui a insônia.


Yoga


A Yoga é uma prática milenar, que traz uma série de consequências positivas para seus adeptos. Distante de ser apenas uma atividade física, ela também estimula a utilização da mente por meio da concentração e da meditação. Esses aspectos são excelentes para ter um cotidiano relaxado e produtivo.

 

Praticá-la é benéfico, sobretudo, para o alongamento dos membros, aumentando a flexibilidade da consciência corporal como um todo. Por conta de todos esses fatores, pode-se dizer que ela é a combinação perfeita para que o corpo e a cabeça relaxem de modo simultâneo. Ainda é oportuno destacar as seguintes melhorias:

 

controla a pressão arterial;


aprimora o sistema imunológico;


equilibra as emoções;


corrige a postura;


ajuda em complicações ósseas;


aumenta a disposição.


Corrida


Essa prática outdoor tem suas potencialidades subestimadas em muitas ocasiões. Correr, no entanto, pode ser uma grande aliada na luta contra a depressão. Isso não se deve apenas ao fato de ser um exercício aeróbico ótimo para o ganho de resistência e condicionamento físico.

 

É importante frisar, ainda, que ela pode ser praticada em diferentes contextos, apresentando poucos impeditivos para ser realizada. Não se esqueça, porém, de consultar um profissional da saúde antes de dar seus primeiros passos, ok?

 

O ideal é começar devagar. Aos poucos, conforme você ganha ritmo, experimente progredir gradativamente em relação à velocidade com a qual você corre. Escolha um lugar que ache bonito e faça uma playlist com suas músicas favoritas para ouvir durante a corrida.

 

Boxe


Lutar boxe queima muitas calorias e trabalha diferentes grupos musculares do corpo humano. Ele ainda pode ser um bom canalizador de sentimentos e pensamentos negativos, já que é um esporte explosivo e, ao mesmo tempo, analítico e estratégico.

 

O fato de auxiliar na potência muscular e no sistema cardiovascular também é proveitoso no sentido de acalmar os ânimos, eliminando o estresse e contribuindo para espantar as sensações ruins que geralmente acometem pessoas depressivas.

 

Como toda luta, ele também carrega uma filosofia relacionada à necessidade de vencer a si mesmo com frequência. Sua preparação ainda envolve uma variação de atividades igualmente positivas, como pular corda, musculação e treinamento funcional.

 

Apesar dos esportes indicados, o ideal é que você faça uma atividade física, pelo menos, independentemente das vantagens que ela traz. Só o fato de se envolver com algo prazeroso já é mais do que válido.

 

Agora que você entende como os exercícios físicos ajudam a cuidar da sua saúde mental, ajudando no combate à depressão, não fique parado e escolha algo que considere cativante. Procure por orientação médica e também por um profissional de educação física para elaborar seu plano de exercícios!

 

Se você gostou deste texto, compartilhe-o em suas redes sociais e marque seus amigos e familiares queridos!

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome.

Fonte Blog Boa Forma Academia
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!