Em meio a crimes por homofobia, poucos municípios têm legislação sobre o tema

Para amigos, preconceito pode ter levado ao assassinato de jornalista. Lucas Cardoso Fortuna era militante dos direitos homossexuais. Apenas 79 cidades brasileiras possuem leis de combate à homofobia.


A suspeita de que a homofobia levou a mais um assassinato levanta a discussão sobre a necessidade de leis que combatam esse tipo de violência. No último domingo (18), o jornalista goiano Lucas Cardoso Fortuna, de 28 anos, foi encontrado morto em uma praia de Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife (PE). Para os amigos do jovem, que era militante dos direitos homossexuais, o preconceito pode ter levado ao crime.

Na semana passada, um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que apenas 79 municípios brasileiros possuem leis de combate à homofobia. O dado faz parte da Pesquisa de Informações Básicas Municipais de 2011, que analisou 5.565 municípios.

Para o integrante da Rede Universitária de Diversidade Sexual, Raul Gondim, atualmente, a criminalização da homofobia é a maior demanda do movimento LGBT (sigla para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).

“Porque eu acho que todas as outras conquistas que a gente venha a garantir depois parte da compreensão que a homofobia existe, tanto simbolicamente como fisicamente, e a partir dessa garantia que a gente vai conseguir outros direitos como nas áreas da educação e dos direitos civis.”

Gondim ainda destaca a necessidade de campanhas que promovam debates sobre homossexualidade e homofobia, principalmente nas escolas.

“Eu acho que a gente parte de mostrar para a sociedade que existe uma população privada de direitos, que existe uma população LGBT necessitada de ações públicas na saúde, na educação e nos diversos setores de ação do governo. Que essa população existe.”

Ainda de acordo com o IBGE, somente 14% dos órgãos gestores de políticas de direitos humanos declararam ter programas para a população LGBT.

Fonte Radioagência NP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!