Saúde

Coparticipação é um problema no Santander

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Coparticipação é um problema no Santander Fabiano Couto

Segundo o Código de Ética Médica: A Medicina não pode, em nenhuma circunstância ou forma, ser exercida como comércio. Plano de Saúde não é produto!

O alto valor cobrado pelo Santander no plano de saúde dos funcionários gera sérios problemas. A maioria dos bancários (42%) que responderam a pesquisa nacional realizada pela COE (Comissão de Organização dos Empregados) declarou ter dificuldades em utilizar o convênio e 45% já deixaram de utilizar devido ao custo elevado.

 

Outros 35% apontaram ter dificuldades com a rede credenciada, 11% relataram outros problemas. A dor de cabeça cairia consideravelmente se o banco estabelecesse um teto nos valores cobrados. Pelo menos 65% afirmaram que utilizariam mais vezes.

 

Com a rotina de trabalho alucinante, os trabalhadores ficam mais vulneráveis à problemas de saúde. A pesquisa mostra que 58% declararam que utilizam o convênio médico mais de cinco vezes por ano, 31% até cinco e 11% quase não utilizam.

 

Embora achem que muita coisa pode melhorar, 46% consideram o plano de saúde bom. Para 32% é ruim. Outros 15% acham ótimo e 6%, péssimo. A maioria (60%) dos funcionários que responderam à consulta utilizam o SulAmérica, 38% Unimed e apenas 2% o Cabesp.

 

Leia Também: Santander comunica erro no informe de rendimentos

Escrito por: Texto original Imprensa SEEB Bahia
Fonte Com informações Sindicato dos Bancários da Bahia
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!