Organização Internacional do Trabalho

Comitê da OIT quer que governo reveja itens da nova lei trabalhista

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Comitê da OIT quer que governo reveja itens da nova lei trabalhista

Convenções e acordos coletivos devem estabelecer condições de trabalho melhores que as previstas em lei, lembram peritos. Entidades sindicais afirmam que no Brasil ocorre o contrário

Em vigor desde 11 de novembro, a Lei 13.467, de "reforma" da legislação trabalhista, é vista com preocupação pelo Comitê de Peritos da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que em relatório solicitou ao governo brasileiro a revisão de alguns itens e uma "resposta detalhada". Um dos itens citados é o que trata de prevalência de acordos coletivos sobre a lei, previsto no Artigo 611.

 

No relatório, o Comitê lembra que o objetivo das convenções 98 e 154 da OIT é promover a negociação coletiva com a ideia que os acordos devem estabelecer condições de trabalho  mais favoráveis do que aquelas estabelecidas pela legislação. As entidades sindicais brasileiras argumentam que aqui ocorre exatamente o contrário: a mudança imposta pelo governo vai reduzir direitos e fragilizar as representações dos trabalhadores. Assim, a OIT pede que a lei seja compatível com o que determinam as convenções.

 

"Esperamos que não só o governo, que deverá responder pelas vias diplomáticas adequadas, mas também os atores do sistema judicial, em particular o Poder Judiciário, estejam atentos à diretriz expressa do Comitê de Peritos, pois não é possível interpretar a legislação ordinária em contrariedade ao que estabelecem convenções internacionais ratificadas pelo Brasil", afirma o procurador Thiago Gurjão Alves, assessor internacional do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Fonte Rede Brasil Atual
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!