INSS

Capitalização da Previdência volta a assombrar

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Capitalização da Previdência volta a assombrar

Defendida por Paulo Guedes, a capitalização foi adotada no Chile pelo ditador Augusto Pinochet, em 1981. O resultado foi desastroso. Idosos com aposentadorias muito abaixo do salário mínimo. Sem contar nos casos em que o trabalhador nem consegue se aposentar

Engana-se quem pensa que a capitalização é página virada. O item foi retirado do texto da reforma da Previdência aprovado na Câmara Federal, e que está no Senado. Mas, o modelo volta assombrar e pode voltar em breve ao Congresso Nacional.

 

De acordo com especialistas, a capitalização deve ser incluída em um pacote de maldades assim que o governo, economistas e a grande imprensa começarem a propagar que somente a reforma não resolveu a situação do país.

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome

 

Defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a capitalização foi adotada no Chile pelo ditador Augusto Pinochet, em 1981. O resultado foi desastroso. Idosos com aposentadorias muito abaixo do salário mínimo. Sem contar nos casos em que o trabalhador nem consegue se aposentar.

 

A capitalização é uma espécie de poupança. Quem consegue juntar mais tem maior possibilidade de se aposentar com um valor “melhor”. A mulher será ainda mais penalizada, que ganha menos do que o homem e tem menor presença no mercado de trabalho. No Brasil, o envolvimento delas na força de trabalho é de 52,7%. Já entre os homens é de 71,5%.

 

A grande verdade é que quem vai lucrar com a capitalização são os bancos e gestores de investimentos, já que os trabalhadores vão acumular as próprias aposentadorias em contas individuais. Para o cidadão, se o modelo passar, uma coisa é certa: aposentadoria nunca mais.

 

>> Bancos vão ficar com 62% da renda do trabalhador se capitalização for aprovada

Fonte Sindicato dos Bancários da Bahia
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!