Reestruturação Caixa

Caixa gera terror entre empregados

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Caixa gera terror entre empregados

Depois de anunciar, na segunda (10), o cronograma da reestruturação, que deve ser respondido até quarta (12), todos estão aterrorizados com a falta de informações e o sistema disponibilizado que funciona precariamente, segundo informações dos empregados. A Caixa pressiona para que a maioria dos empregados se manifeste sobre a função e lotação desejada nesse prazo insuficiente

A reestruturação atinge boa parte dos cargos. Nesta semana também passam por processos seletivos e revalidações os chefes de unidade, como os gerentes gerais. A manutenção de suas funções, todavia, ocorrerá de forma totalmente subjetiva: apenas precisarão do aval de seus novos superiores.

 

Os afastados também devem se manifestar

O desrespeito da empresa é tamanho que as pessoas afastadas por licença ou em férias também são obrigadas a manifestar seu interesse até amanhã dia 12, mas dependem da iniciativa dos colegas em avisá-los. A área de gestão de pessoas, que é a responsável por esse trâmite, mal soube orientar um empregado que os procurou.

 

Esta medida da empresa está em desacordo com a cláusula 48 do ACT, que diz que o banco é obrigado a discutir previamente com a mesa de negociação permanente qualquer reestruturação.

 

Amanhã tem reunião

Está marcada para esta quarta-feira, 12, uma nova rodada de negociação entre representantes dos empregados e a direção do banco.

Fonte SEEB de São Paulo
Postado por Gustavo Mesquita em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!