CAIXA FEDERAL VIRA AS COSTAS PARA SEUS FUNCIONÁRIOS

BRASÍLIA - Os bancários da Caixa Federal têm um motivo a mais para fortalecer a greve da categoria. Na negociação específica de terça 22, dentro da Campanha Nacional, com os representantes dos empregados, a direção da Caixa não trouxe nenhuma proposta às reivindicações dos trabalhadores e afirmou que só irá responder às questões específicas após estarem encerradas as negociações gerais do Comando Nacional dos Bancários com a federação dos bancos (Fenaban). "Essa é uma postura típica de quem não quer atender com seriedade as justas reivindicações e solucionar as diversas pendências que ainda amargamos, como por exemplo, a Isonomia, o Plano de Cargos Comissionados, a Promoção por Merecimento, a questão da Jornada de Trabalho (que se tornou insustentável) entre outras. A direção da Caixa tem que parar de se esconder atrás da mesa única da Fenaban e tratar seus empregados com mais respeito." "É fundamental que todos compareçam à Assembléia do dia 23/09 - quarta-feira - para discutirmos as propostas e deliberarmos pela greve, dando uma resposta aos banqueiros e ao governo federal que, ano após ano, agem com descaso".

Postado por em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!