Em defesa da democracia!

Cabe ao povo escolher seus presidentes

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Cabe ao povo escolher seus presidentes

Não se trata da defesa de um partido ou de um candidato a presidente. Trata-se da defesa da democracia, da Constituição. A ofensiva que se abate sobre Lula recairá também sobre todos aqueles que hoje lutam contra a agenda golpista de Temer, contra a sanha por lucro dos patrões

A prisão do ex-presidente Lula, decretada quinta-feira (5) pelo juiz Sérgio Moro, é o mais recente episódio da perseguição judicial. Essa decisão representa mais um duro golpe contra a democracia, ignorando a Constituição Federal, que é clara ao afirmar que o cumprimento da pena só pode ter início após o final do trâmite processual.

 

Não se trata da defesa de um partido ou de um candidato a presidente. Trata-se da defesa da democracia, da Constituição. A ofensiva que se abate sobre Lula recairá também sobre todos aqueles que hoje lutam contra a agenda golpista de Temer, contra a sanha por lucro dos patrões.

 

A decisão de Moro é parte da trama sinistra que busca inviabilizar candidaturas que se colocam em favor dos trabalhadores e calar as vozes que denunciam o golpe parlamentar que impôs dezenas de retrocessos ao povo brasileiro entre eles a reforma trabalhista, a terceirização e o congelamento de verbas para a saúde, educação e segurança por 20 anos.

 

Os advogados do ex-presidente planejavam protocolar um último recurso no tribunal, o chamado “embargo dos embargos”, e teria até o dia 10 para isso. Mas o tribunal não aguardou e já solicitou a prisão do petista, apenas um dia depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter lhe negado habeas corpus preventivo.

 

Não há como negar que critérios políticos estão por trás do julgamento. Setores da elite não aceitam que trabalhadores sejam eleitos à presidência. A perseguição política evidencia a disposição em destruir uma política de valorização da classe trabalhadora, em função de seus interesses. 

 

Por isso, não vamos nos calar, vamos ocupar as ruas e denunciar. Mais do que nunca, precisamos da mais ampla unidade em defesa de nossos direitos e de nossa já limitada democracia.

 

Os bancários estarão do lado certo da história. Cabe ao povo escolher seus presidentes!

Escrito por: Gustavo Mesquita
Fonte Comunicação do SEEB de Santos e Região
Postado por Gustavo Mesquita em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!