Exploração

Bancários protestam no Santander/Pça. Mauá

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Bancários protestam no Santander/Pça. Mauá

Contra o assédio, exploração, retirada de direitos do Acordo Coletivo, aumento abusivo do plano de Saúde, mudança de data de pagamento dos funcionários, homologar sua rescisão sem a fiscalização dos advogados do sindicato, forçar a assinatura em um Acordo Individual de Banco de Horas semestral, imposição de trabalho à noite e aos sábados  

Os bancários realizaram, a partir das 10h, nesta sexta-feira, 6/4, protesto na agência do Santander, na Pça. Mauá, centro de Santos/SP, contra o assédio, exploração, retirada de direitos do Acordo Coletivo, aumento abusivo do plano de Saúde, mudança de data de pagamento dos funcionários, homologar sua rescisão sem a fiscalização dos advogados do sindicato, forçar a assinatura em um Acordo Individual de Banco de Horas semestral, imposição de trabalho à noite e aos sábados em universidades e tantas outras arbitrariedades contra os bancários.

 

No ato foram colados cartazes e distribuídas cartas abertas aos funcionários e aos clientes para denunciar os ataques aos bancários e aos usuários e clientes. Leia abaixo carta aberta com denúncias para os clientes: 

 

Santander cobra 20 vezes mais de clientes brasileiros

O banco Santander cobra em empréstimos, até 20 vezes mais de seus clientes brasileiros, quando comparado aos da clientela espanhola. E, por esse motivo, o Brasil foi o país que mais contribuiu para o lucro mundial do banco espanhol em 2017: foram R$ 10 bilhões, que representaram 26% dos ganhos de seu lucro global do ano passado. Taxas que o cliente, muitas vezes, é obrigado a pagar, sem autorização. Debita-se na conta corrente e depois não tem a quem reclamar. Fonte: Jornal do Brasil

 

Santander responde na justiça por corrupção

Reginaldo Antonio Ribeiro, diretor de Planejamento Tributário do Santander, foi denunciado na Operação Zelotes por envolvimento num suposto esquema de corrupção na Receita Federal que teria beneficiado o banco espanhol em R$ 83 milhões em crédito tributários. O banco responde também a processos por corrupção no valor de R$ 6,6 bilhões. (Jornal do Brasil)

 

Santander é concessão pública, mas discrimina usuários!

O Santander ao recusar o recebimento de contas de concessionárias públicas e boletos de outros bancos na “boca do caixa” descumpre a Resolução do Banco Central nº 3.694/09 – Art. 3º. Portanto, os bancos não podem recusar o pagamento de contas, dentro do vencimento, em dinheiro.

 

O Sindicato reforça que os clientes devem ser esclarecidos a procurarem o Procon Santos/Poupatempo, na rua João Pessoa, 244/266 (fone: 0800-779.0151) , ou Cidoc/ Santos, Av. Campos Sales, 128 (fone: 3202.1899), ou ainda façam denúncias no Banco Central pelo fone: 145 ou pelo site: www.bcb. gov.br

 

Fonte Comunicação do SEEB de Santos e Região
Postado por Gustavo Mesquita em Notícias
Atualizado em: 06 de abril de 2018

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!