Bancários e Sindicato paralisam Santander e Real da Pça. Mauá

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Erro na Linha: #73 :: getimagesize(uploads/images/backup/noticias/paralisacao_santanderreal200110a.gif): failed to open stream: Arquivo ou diret�rio n�o encontrado
/home/seebsantos/public_html/themes/seeb/artigo.php
Bancários e Sindicato paralisam Santander e Real da Pça. Mauá

Os funcionários e a diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região paralisaram por 1 hora as agências do Santander/ Centro de Santos e do Real, ambas na Pça. Mauá (centro financeiro da maior cidade do litoral paulista), das 10h às 11h. A atividade foi em protesto contra distribuição injusta do Programa de Participação nos Resultados - PPR. O Santander pagará de PPR, para 26 executivos, R$ 223,8 milhões, cada um receberá em média R$ 8,62 milhões. Já para os seus bancários linha de frente, que verdadeiramente suam a camisa, para que o banco bata recordes de lucros, eles pretendem distribuir uma PPR rebaixada de R$ 1 mil por dois anos. O Sindicato de Santos realizou o retardamento do atendimento nas unidades em conjunto com outras entidades sindicais e federações de todo o Brasil, o protesto foi denonimado ?Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores do Santander Real?. Os funcionários, organizados pelo movimento sindical, irão pressionar ainda mais a diretoria do banco a distribuir com mais justiça o lucro se não houver negociação e o Santander continuar com a intransigência!

Postado por Gustavo Mesquita em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: (13) 3202 1670

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!