Violência

Bancária do Bradesco é vítima de crime sapatinho

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
Bancária do Bradesco é vítima de crime sapatinho

Criminosos sequestraram família da trabalhadora

Em Marabá - PA, uma bancária do Bradesco, foi vítima do crime conhecido como “sapatinho”, na madrugada do dia 24 de abril. Os criminosos invadiram a casa, onde a bancária mora com seu marido e filho, de apenas dois anos, e os fizeram reféns.

 

Os assaltantes pediram para que todos trocassem de roupa e levaram o marido e o filho da bancária para um local distante. Ela ficou em casa com outra parte do bando até amanhecer. Assim que clareou, ela foi até a agência, como em qualquer dia normal de trabalho, sacou o dinheiro, colocou numa bolsa e deixou no local combinado com os bandidos. Cerca de uma hora depois, ela reencontrou o esposo e o filho, que foram liberados, sem ferimentos, numa estrada com movimento.

 

Desde o dia do assalto, a bancária já fez boletim de ocorrência, passou por atendimento com psicólogo e psiquiátrico, que concedeu atestado de 90 dias para que a vítima possa fazer tratamento psicológico e se recuperar do trauma junto com a sua família.

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e nome

 

 

 

Fonte Sindicato dos Bancários do Pará e Contraf
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!