Violência

Armar a população é a solução contra o crime?

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Armar a população é a solução contra o crime?

Como eram as taxas de homicídio até 2003, quando a comercialização de armas era legalizada no país.

Com o aumento da criminalidade, cresce entre parte da população a sensação de que a descriminalização da posse de arma será capaz de reverter essa grave situação. Mas os fatos revelam outra realidade. Até 2003, era possível, sem muita burocracia, comprar uma pistola ou um revólver em lojas de artigos esportivos. Naquele ano foi sancionado o Estatuto do Desarmamento, que restringiu o acesso a armas no país.

 

# WhatsApp explica como denunciar emissores de notícias falsas

 

Segundo dados do Ministério da Saúde e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, de 1980 até 2003, as taxas de homicídios cresciam de forma alarmante, com alta de aproximadamente 8% ao ano. Em 1996, o Jardim Ângela, na zona sul de São Paulo, foi considerado pela ONU como o mais violento do mundo. Em 1983, o Brasil tinha 14 homicídios por 100.000 habitantes. Vinte anos depois, esse número mais do que dobrou, alcançando 36,1 assassinatos para cada 100.000.

 

Armar o cidadão de bem é a solução contra o crime?

 

Entre 1980 e 2010, mais de um milhão de pessoas foram assassinadas no Brasil. Nesse período, a taxa de homicídios no país cresceu 124%. Os dados são do relatório Mapa da Violência 2012.

 

# Ameaça: Paulo Guedes defende privatização de 'todas' as estatais

 

O estatuto do desarmamento salvou mais de 160.000 vidas, de acordo com o Mapa da Violência 2015. Atualmente a taxa está em 29,9 o que indica que o desarmamento não reduziu drasticamente os homicídios, mas estancou seu crescimento.

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome.

Fonte Texto e infográfico SEEB SP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!