Campanha Nacional 2018

Acordo especifico da Caixa assinado e direitos garantidos

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Acordo especifico da Caixa assinado e direitos garantidosFabiano Couto

Campanha Nacional 2018 assegura renovação das cláusulas específicas do Acordo Coletivo de Trabalho e conquistas dos empregados, como PLR sem limitador, PLR Social e Saúde Caixa nos moldes atuais, além de reajuste acima da inflação para 2018 e 2019.

Os direitos dos bancários da Caixa estão garantidos por mais dois anos. Após assembleia aprovar as propostas da Fenaban e do banco público, foram assinados na última sexta-feira 31, a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria e o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da Caixa, o qual mantém direitos da versão anterior e assegura novas conquistas, como a vedação à empresa de descomissionar mulheres em período gestacional ou em licença-maternidade; e licença casamento de oito dias também para união estável.

 

Com a CCT assinada, a primeira parcela da PLR será creditada até o dia 20 de setembro.

 

# Tire suas dúvidas sobre a proposta da Caixa aprovada

 

O ACT deste ano garante ainda direitos históricos que o governo ilegítimo e voltado aos interesses do capital privado tentou suprimir durante as negociações, como a PLR Social; e a PLR sem o limitador que o Conselho de Administração, formado por agentes do mercado financeiro, pretendia implantar, o que reduziria o valor pago aos empregados para menos da metade.

 

Também está garantido o Saúde Caixa nos moldes atuais a todos os empregados admitidos até 31 de agosto de 2018 e aos aposentados. Os empregados hoje na ativa também manterão o plano quando se aposentarem.

 

A assinatura do acordo com validade de dois anos é importante diante da atual conjuntura extremamente desfavorável aos trabalhadores, estabelecida pelo golpe de 2016.

 

# Assinada a nova Convenção Coletiva de Trabalho dos Bancários

 

Apoiado pela nova legislação trabalhista que permite às empresas eliminarem qualquer cláusula do acordo coletivo de trabalho após a data base, caso não haja renovação [fim da ultratividade], o governo ilegítimo que controla a Caixa pretendia eliminar direitos históricos dos empregados, mas a organização da categoria bancária conseguiu a renovação do ACT e a garantia dos seus direitos, além de novas conquistas.

 

# Não fique só, Fique Sócio

 

Agora a luta continuará e será intensificada em defesa do Saúde Caixa também para os futuros empregados, por melhores condições de trabalho, e pela manutenção da Caixa 100% pública.

 

Os bancários também terão reajuste de 5% em 2018 (1,18% de reajuste acima da inflação, além da reposição da inflação medida pelo INPC) e 1% de aumento em 2019 para os salários, pisos, vales refeição e alimentação, PLR e demais verbas.

 

>> Cadastre-se no whatsapp do Sindicato: clique aqui (pelo celular) e informe banco onde trabalha e seu nome.

Fonte: SEEB SP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!