Sempre na Luta

19/02: Dia de Luta com greves, paralisações e manifestações em todo o país

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
19/02: Dia de Luta com greves, paralisações e manifestações em todo o país

Trabalhar até morrer, não!

Temer, banqueiros e a mídia jogam sujo pra acabar com seu direito a aposentadoria. Querem desmontar a previdência e entregá-la aos bancos. E já marcaram até a data pra tentar enterrar sua aposentadoria: dia 28/02, quando ameaçam votar a deforma da previdência.

 

Apesar da propaganda enganosa não conseguem esconder que a reforma só beneficia os bancos e rentistas, pra vender previdência privada. 

 

A população não vai aceitar que o Estado abandone os idosas/os depois de anos de trabalho e contribuição. O movimento sindical e sociais, como a Povo Sem Medo, preparam fortes mobilizações pro dia 19/02.

 

Sua participação é decisiva. Dialogue com amigos, colegas de trabalho e familiares. E se prepare pra participar do Dia Nacional de Luta, com paralisações, greves e grandes manifestações. 

 

Até lá, é pressão total sobre os deputados. Do voto do deputado na reforma, dependerá o voto  do povo trabalhador nas eleições. Se votar, não volta. 

 

Trabalhar até morrer, não!

O governo quer que idade mínima pra pedir aposentadoria seja de 65 anos. Se mulher, 62. E pro rebaixamento salarial não ser maior, voce teria de contribuir por 40 anos. Isso num país onde muitos começam a trabalhar na adolescência.

 

Ao longo dos anos, a saúde pro trabalho não é igual para todas/os. Sem falar dos que ficam desempregados depois dos 50. Como encontrar  emprego com carteira assinada e contribuição regular?

 

Mudanças no cálculo do valor da aposentadoria visam reduzir drasticamente o valor da aposentadoria para os poucos/as que conseguirem atingir a idade imposta pelo golpe. No campo ou nas cidades, no setor privado ou público, todos seriam atingidos. As mulheres, negras/negros e toda nossa diversidade ainda mais penalizadas. 

 

Privilegiado é o Temer, os banqueiros e seus asseclas 

Temer se aposentou aos 55 anos com salário de R$ 45 mil. O ministro da fazenda Henrique Meireles se aposentou aos 57 com salário de R$ 200 mil por mês.

 

A cúpula que embolsa super salários  (muitos acumulando com super aposentadorias), agridem a Constituição mas é preservada. As desonerações, desvios e os caloteiros ricos da previdência permanecem intocados.

Fonte: Intersindical - Central da Classe Trabalhadora
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!