Assédio, Não!

Bradesco é notificado por assédio moral

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Bradesco é notificado por assédio moralimagem ilustrativa

A prática ocorria por meio de ameaças diretas ou veladas de demissão no caso de não atingimento de metas

O Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT-SC) editou notificação recomendatória para que o Banco Bradesco impeça o assédio moral interpessoal em razão de condutas do gerente regional responsável por mais de 40 agências do oeste catarinense. São cerca de 200 bancários subordinados ao acusado.

 

Ao menos seis testemunhas ouvidas pelo MPT declararam de forma unânime ter presenciado situações em que bancários que não atingiam metas, saiam chorando de reuniões devido a forma agressiva, humilhante e desrespeitosa do superior. Condutas inadequadas que degradavam o meio ambiente de trabalho.


O assédio ocorria por meio de ameaças diretas ou veladas de demissão no caso de não atingimento de metas e cobranças excessivas, utilizando palavras de baixo calão e em tom agressivo.

 

A prova produzida nos autos de inquérito civil comprovou de forma cabal que o gerente regional vem praticando diversas atitudes assediadoras inclusive em audioconferências pressionando excessivamente os bancários que já se encontram sobrecarregados por metas e subdimensionamento no quadro de empregados.

 

A notificação recomendatória foi expedida após denúncia do movimento sindical, que inclusive registrou um boletim de ocorrência contra o acusado.

 

No inquérito civil foi apurado que o gerente regional já havia sido denunciado por assédio moral na região de Sorocaba e mesmo assim foi promovido pela direção do Bradesco para a região de Chapecó onde continua se utilizando da prática abusiva para cobrar resultados.

 

A notificação ressalta que o Banco, além de coibir imediatamente o assédio moral pelo gerente regional, poderá responder civilmente pela conduta do seu gestor. O gerente regional também foi notificado para cessar suas condutas ilícitas.

Fonte: MPT
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!