Precarização

Bradesco deixa trabalhadores adoecidos passando necessidade

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Bradesco deixa trabalhadores adoecidos passando necessidade

Banco ignora Convenção Coletiva de Trabalho e deixa de pagar salário emergencial para funcionários afastados pelo INSS.

Sem dinheiro para comprar remédios, comida e até mesmo para pagar as contas de casa. Essa é a situação de diversos trabalhadores do Bradesco, desassistidos pelo banco por estar em um ‘limbo jurídico’: foram afastados por motivos de saúde, considerados aptos para o retorno ao trabalho pelo INSS, mas inaptos pelo médico do trabalho.

O problema começou quando o governo Temer acabou com o pedido de reconsideração para quem fosse considerado apto para trabalho pela seguridade social, mas não pelo médico.

Bancários nessas condições estão resguardados pela cláusula 65 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), que garante o pagamento de um salário emergencial para que o trabalhador não fique sem nenhuma remuneração enquanto o pedido é analisado.

Com o fim do pedido de reconsideração, o Bradesco começou a negar o pagamento desse salário, alegando não ter ‘amparo jurídico’ para tal. Outros bancos, no entanto, não têm feito a mesma ressalva e continuam pagando o direito.

O movimento sindical está cobrando solução para esse problema na mesa de negociação com a Fenaban em mesa bipartite sobre saúde do trabalho, e via Comando Nacional dos Bancários.

Exigimos que o banco reconsidere a postura até que a questão seja definida, porque os bancários estão passando por dificuldades extremas e não podem esperar para tratar da saúde e de suas necessidades básicas.

# Bradesco terceiriza setor e demite bancários com 30 anos de casa

Fonte: SEEB SP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!