Precarização

Santander notificado sobre mudanças no plano de saúde

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Santander notificado sobre mudanças no plano de saúde

Representantes dos trabalhadores cobram acesso a contratos firmados entre banco espanhol e novas operadoras; mudança unilateral provocou aumento na coparticipação, nas mensalidades e reduziu rede credenciada.

O movimento sindical deu mais um passo importante no sentido de tentar resguardar os direitos dos trabalhadores do Santander no Brasil. Na segunda-feira 27, foi entregue notificação extrajudicial a representante do banco espanhol para que sejam fornecidas informações detalhadas sobre as alterações ocorridas nos planos de saúde dos funcionários devido à troca do Bradesco Seguros para SulAmérica Saúde, e da Unimed para Uniplan.

No ofício, os bancários solicitam a disponibilização dos contratos de prestação de serviços das operadoras, apólices de seguro saúde e estudo atuarial que comprove a cota parte do Santander e dos funcionários no custeio do plano, entre outras informações.

Entre as mudanças unilaterais provocadas com a troca das operadoras está o aumento da coparticipação de 20% para 25% em consultas, exames simples, terapias e atendimentos de emergência. Além disso, a partir da sexta consulta, a coparticipação vai a 30% sem que haja teto e sendo ainda por dependente.

# Santander obriga bancários a buscar novos clientes fora do expediente

Anteriormente o banco havia dito que a elevação no percentual de coparticipação seria a partir da sétima consulta. Além de ser mais um retrocesso, não é justo que uma pessoa tenha de adiar um tratamento para não ultrapassar esse limite e evitar pagar mais. E se tiver de ser atendida emergencialmente após a sexta consulta? É justo ser onerado ainda mais?

Outras perguntas sem respostas são: o que o Santander considera emergência; por que os funcionários que haviam feito upgrade para ter atendimento de melhor qualidade no Bradesco Seguros foram enquadrados de forma unilateral em categoria no novo plano conforme o cargo no banco; e, ainda, o que levou a instituição a discriminar quem foi contratado a partir de 1º de março? Esses novos funcionários são escalonados no convênio conforme cargo e faixa etária, arcando com despesa maior em função disso.

O movimento sindical reivindica que haja negociação para que esses valores sejam revistos e possam ser absorvidos, garantindo atendimento de qualidade.

Em Santos e Região
Os dirigentes do Sindicato dos Bancários de Santos e Região estiveram reunidos recentemente com representantes do Santander na região e com a Superintendente de Relações Sindicais Fabiana Ribeiro.

Foi abordada a recente mudança de plano de saúde do banco, decisão tomada sem consulta à categoria. O Sindicato entrou na justiça com medida cautelar contra a alteração.

"Temos inúmeras reclamações de bancárias e bancários sobre a mudança do plano. Ele é mais caro e na Baixada Santista tem uma cobertura menor. Várias pessoas, que estão em tratamento médico ou grávidas, estão com receio sobre o futuro dos seus atendimentos”, afirmou o secretário de Imprensa e Comunicação do Sindicato e funcionário do Santander, Fabiano Couto. Os gestores do banco disseram que estão analisando caso a caso e que pretendem melhorar a comunicação interna sobre esse tema.

Os trabalhadores que enfrentarem problemas com o Sul América Saúde, devem entrar em contato com a funcionária do RH para Baixada Santista, Carolina. Segundo garantias dos representantes do banco, ela está orientada para resolver todos os casos.

Fonte: SEEB SP e SEEB Santos e Região
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!