Não à Precarização!

Mudanças na Caixa são indicativos de privatização

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Mudanças na Caixa são indicativos de privatização

As mudanças feitas de forma unilateral na Caixa Econômica como a extinção do Giret (Gerências de Retaguardas) que estão diminuindo e sobrecarregando empregados e também sucateando serviços indicam o modelo neoliberal para privatização. Exatamente como aconteceu com as estatais Banespa, Nossa Caixa, Codesp, Cosipa, etc. Os empregados além de ficarem indignados, devem se conscientizar de que a mobilização é a solução para não perderem os direitos e a estabilidade.


Extinção das Rerets

A extinção das Rerets (Representação de Retaguarda) sobrecarrega e impõe tarefas exclusivas de tesoureiros e caixas aos técnicos bancários (TBs), como conferência de assinaturas de cheques, situação agravada com metas.

Para piorar, o banco criou uma ‘fila’ de compensação de cheque nacional. Então, mesmo sendo de São Paulo, o empregado opera um cheque, por exemplo, de Porto Alegre. São cerca de 20 mil documentos diariamente. A situação se agravou desde que a instituição passou a não repor os que deixam a função de caixa, agregando essas tarefas a outras já desempenhadas pelo tesoureiro. Com isso, a carreira de caixa vai sendo extinta.


A falta de empregados e as mudanças para sucatear os serviços

Por exemplo, agora existem muito mais sistemas para executar a rotina para liberar e pagar o FGTS. A fila nacional de FGTS para exame e liberação é de aproximadamente 13.000 processos geridos por uma informatização obsoleta que não atende a demanda de acessos.


Mobilização

Os empregados devem reagir para que a Caixa contrate mais trabalhadores, acabe com esses desvios de função e principalmente a privatização.

 

Cadastre-se no whatsapp do Sindicato dos Bancários

Curta nossa fanpage e fique por dentro das novidades da categoria

Escrito por: Gustavo Mesquita
Fonte: Imprensa Seeb Santos e Região
Postado por Comunicação SEEB Santos e Região em Notícias
Atualizado em: 08 de julho de 2016

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!