#SeLiga

Mesa Temática de Igualdade e Oportunidades prioriza o debate sobre PcD's

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Mesa Temática de Igualdade e Oportunidades prioriza o debate sobre PcD

Na última quarta-feira (27), o movimento sindical e a Fenaban voltaram a se reunir, em São Paulo, na Mesa Temática de Igualdade de Oportunidades. O principal assunto abordado foram os trabalhadores PcD's (Pessoas com Deficiência).  

O sindicato patronal apresentou o Programa de Valorização da Adversidade com foco específico nas pessoas com deficiência. Com base nesta apresentação, foram apontados os números do ano de 2008 (I Censo da Diversidade), que corresponde a 1,8%, de 2014 (II Censo da Diversidade), que corresponde a 3,6% e em 2016, o Cadastro, segundo a Febraban, este número passou a ser 4%. Segundo a avaliação da própria Febraban, estes dados representam um avanço na inclusão de PCD’s no sistema financeiro.

Insuficiente
Os bancos continuam apresentando dados que estão aquém da expectativa da categoria. Mesmo com a evolução para 4%, os bancos poderia contratar mais pessoas com deficiência, além de dar melhores condições de trabalho com ascensão no ambiente profissional.

Após a apresentação, os representantes dos trabalhadores abordaram a questão da contratação, da ascensão profissional e acessibilidade.

Embora a reunião não tenha apresentado um resultado esperado, este canal de negociação já representa um avanço. Foram apresentadas preocupações referentes a contratações, acessibilidade e ascensão profissional.

Os dirigentes sindicais aprofundaram o debate sobre um tema que vem crescendo cada vez mais na categoria bancária. Os bancos devem levar em consideração que o deficiente tem uma limitação e não uma incapacidade. A instituição financeira deve dar condições para este trabalhador desenvolver suas funções.

Esta mesa temática debateu a importância da inclusão das pessoas com deficiência. Este debate não se esgota, é de fundamental interesse para os PcD's. Embora existam avanços nos números apresentados pela Febraban, é preciso avançar muito mais na inclusão social destes trabalhadores.

Os dirigentes sindicais apontaram que questões como contratação, ascensão profissional e acessibilidade precisam ser melhor aprofundadas e debatidas. Um exemplo disso é que a acessibilidade interna e ergometria devem ocorrer dentro das agências bancarias.

Representação
O Dirigente Cláudio Salgado é o representante do Sindicato para os PcD's na Baixada Santista. Sempre aberto as idéias e sugestões para melhoria continua da diversidade. É um facilitador referente à inclusões, debates, projetos e seminários.

** Entre em contato com Salgado através do Whatsapp: (13) 98147-0685.

Fonte: Com informações Contraf
Postado por Fabiano Couto em Notícias
Atualizado em: 28 de julho de 2016

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!