Só pensam em lucro

Juros do cartão batem recorde de novo

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Juros do cartão batem recorde de novo

Banco Central divulga que rotativo chegou a 484,6% ao ano em dezembro, maior patamar desde março de 2011, quando começaram as medições

Os juros médios rotativo do cartão de crédito alcançaram 484,6% ao ano em dezembro de 2016, novo valor recorde na série histórica do Banco Central (BC), iniciada em março de 2011. Em novembro ele já havia sido recorde.

 

O juros sobre crédito rotativo incidem sobre o valor que o cliente fica devendo para o banco quando não paga o valor total da fatura do cartão, no dia do vencimento.

 

As informações sobre os juros em dezembro estão na Nota de Política Monetária, divulgada nesta quinta, 26, pelo BC.

 

A autoridade monetária informou ainda que os juros do cartão de crédito parcelado chegaram a 153,8% ao ano em dezembro de 2016, caindo 1,6 ponto percentual em relação a novembro e subindo 17,6 pontos percentuais na comparação com dezembro de 2015.

 

Os juros totais do cartão de crédito encerraram 2016 em 112,4% ao ano, com queda de 5,5 pontos percentuais em relação a novembro, mas alta de 15,1 pontos percentuais ante dezembro de 2015.

 

Também nesta quinta-feira, o BC informou que o saldo total das operações de crédito atingiu R$ 3,107 trilhões em dezembro de 2016. O valor representa retração de 3,5% em relação a dezembro de 2015. O BC atribuiu a queda à retração da economia.

Fonte: Seeb SP
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!