#SeLiga

Campanha Salarial: Novas negociações nos dias 24 e 29

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Campanha Salarial: Novas negociações nos dias 24 e 29

Nas reuniões de quinta e sexta, trabalhadores apresentaram cláusulas da pauta à Fenaban e dados que comprovam: setor pode atender às reivindicações de um bom aumento salarial, mais empregos, melhoria nas condições de trabalho. Bancos vão debater e proposta global deve ser apresentada até dia 29.

Todas as 128 cláusulas da pauta de reivindicações dos bancários foram apresentadas aos bancos nas rodadas de negociação realizadas na quinta e sexta-feira, dias 18 e 19.

No primeiro dia, o Comando Nacional dos Bancários cobrou da federação dos bancos (Fenaban) mais empregos; Índice de 5% de aumento mais a inflação projetada de 9,31%, no total de 14,78% de reajuste salarial, reajustes maiores para PLR, vales refeição e alimentação e auxílio-creche; valorização do piso; auxílio-educação em todos os bancos; parcelamento do adiantamento de férias; renovação do vale-cultura; manutenção do vale-refeição na licença-maternidade; criação da licença-paternidade; fim da desigualdade de salários entre homens e mulheres.

Saúde e segurança
Na sexta, os debates se deram em torno das reivindicações de saúde, segurança, condições de trabalho. Foi cobrado o fim das metas, da pressão, do assédio moral. 

Também foi cobrado o programa de retorno ao trabalho – com respeito às condições de saúde dos afastados e a efetiva participação dos sindicatos –, o fim da revisão dos atestados médicos e do assédio sexual.

Nas questões de segurança, além da reivindicação de instalação dos equipamentos (como portas giratórias e biombos nos caixas) que garantam a integridade física e psicológica dos bancários nas agências, foi cobrado que a assistência às vítimas de assalto, sequestros ou extorsões seja extensiva inclusive aos familiares dos bancários que tiverem sofrido a violência.

Os dirigentes sindicais exigiram o fim da revista dos bancários promovida por alguns bancos na saída das agências. Um abuso que não vai mais ser tolerado.

Novas rodadas
A Fenaban pediu esclarecimentos e uma série de dados foi apresentada para reforçar a capacidade do setor financeiro de atender às demandas da categoria.

O Comando Nacional dos Bancários reforçou que a pauta para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria já é conhecida pelos bancos e cobrou uma proposta para a próxima rodada de negociação, marcada para o dia 24.

Mas a Fenaban informou que precisa de um período para debater com as direções das instituições financeiras e que voltam na quarta-feira 24 para fazer um debate e no dia 29 uma proposta global deve ser apresentada aos representantes dos trabalhadores.

Fonte: Com informações SEEB SP
Postado por Fabiano Couto em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!