Assédio

BB volta a criar jogos com cobrança de metas e ranqueamento

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
BB volta a criar jogos com cobrança de metas e ranqueamento

No ano passado houve situação parecida e banco desistiu de usar o app após pressão do movimento sindical

Um jogo anunciado pelo Banco do Brasil para ‘alavancar os números de indicadores’ descumpre o acordo coletivo da categoria. O ‘Valoriza BB’ expõe os bancários em rankings públicos, reforça a competição entre colegas de trabalho e incentiva o assédio moral.

 

Apesar da ‘apresentação amigável’, ele incentiva práticas que forçam a competição entre os funcionários e os expõe publicamente.

 

A cobrança de metas por meio do jogo naturaliza o assédio moral, faz da competição entre os funcionários uma constante e desestimula o trabalho em equipe, o que contraria a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), e por isso o movimento sindical cobrará que o banco não faça uso da ferramenta.

 

O jogo ainda está em versão de teste e não foi liberado para todos os funcionários. Nele, você pode ‘desafiar ‘ outros trabalhadores, ‘apostar’ quais colegas bateram mais as metas, além de publicar os resultados em rankings públicos os pontos que você conquista.

 

Valoriza BB é uma plataforma gameficada  do Banco do Brasil, "com o objetivo de alavancar os números de indicadores estabelecidos pelas metas do Banco, que são alinhadas ao programa de avaliação de desempenho”, diz o texto do jogo. Na própria descrição do APP, o banco afirma que é uma ferramenta de cobrança de meta e exposição dos funcionários. Ele nada mais é do que uma forma ‘moderna’ e mais perversa de cobrar metas e expor resultados individuais de funcionários com rankeamento. É uma prática que incentiva até mesmo o assédio moral e a competição entre colegas de trabalho.

 

Outro jogo

Em 2016, já havia denúncias que os bancários do SAC do BB estavam tendo de participar de um jogo onde ‘passavam de nível’ e recebiam troféus por ‘conquistas’ ao alcançar metas. Após pressão, o banco desistiu de usar o aplicativo.

Fonte: Com informações do Seeb SP
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!