Corte de vagas no BB

BB: Sindicato garante vagas que seriam cortadas pela reestruturação

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
BB: Sindicato garante vagas que seriam cortadas pela reestruturação

Depois de quatro meses, estão sendo efetivados os compromissos firmados entre a diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e o Banco do Brasil (por meio da regional super leste, Gepes e do gerente da PSO) de não cortar as três vagas na Plataforma de Suporte Operacional (PSO) na Baixada Santista, por conta da reestruturação. Uma caixa que havia perdido sua vaga e comissão será recolocada. Como consequência, será aberta uma vaga para escriturário que será destinada a um dos funcionários que foram deslocados. E a última vaga retirada de outro bancário do PSO surgirá, em breve, pelo remanejamento de cargo através de concurso interno já realizado.

“Desde o ano passado a diretoria do Sindicato está alerta quanto ao anúncio do Banco do Brasil em realizar uma reestruturação para cortar vagas. Em fevereiro deste ano. O banco tentou cortar três vagas do PSO, em Santos. Imediatamente o Sindicato entrou em contato com a Superintendência Regional Leste e a Gepes. Fez 15 paralisações e somente depois de uma proposta convocou reunião com os funcionários para avaliar a resposta do BB”, diz Marcia Peres, Secretária Geral Adjunta e funcionária do BB.

Segundo Marcia, também é bom frisar, que por pressão do Sindicato, existe agora a possibilidade dos funcionários estagiarem nas agências como rege o Acordo Coletivo.

A Luta

Foi preciso que o Sindicato e os funcionários do Banco do Brasil (BB) paralisassem 14 agências existentes na Cidade, sendo a Nova Noroeste duas vezes, para que o banco voltasse atrás e construísse um caminho para solucionar a situação de corte de vagas no PSO/Santos.

“Apesar de não haver resistência no país aos cortes impostos pelo BB, em Santos a mobilização dos bancários juntamente com o Sindicato fez toda a diferença, para que o banco recuasse e encontrasse uma solução regional à retirada da comissão de uma caixa e o deslocamento de dois escriturários. A caixa seria destituída do cargo e os escriturários deslocados pela reestruturação implantada pela diretoria do BB”, segundo Eneida Koury, Presidente do Sindicato e funcionária do BB.

Escrito por: Gustavo Mesquita
Fonte: SEEB de Santos e Região
Postado por Gustavo Mesquita em Notícias
Atualizado em: 06 de julho de 2016

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!