Paralisação

Bancários do BB/Boqueirão e Sindicato pressionam e garantem reparo no banco

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
Bancários do BB/Boqueirão e Sindicato pressionam e garantem reparo no bancoFernando Diegues

Em reunião nesta quarta, 29, trabalhadores decidiram encerrar paralisação e sindicato segue monitorando para que haja condições de trabalho na agência

Após 16 dias de paralisação por falta de condições de trabalho, os bancários da agência Boqueirão do Banco do Brasil (BB) decidiram dar um “voto de confiança” ao BB e reabrir a unidade. Com pressão do Sindicato e dos trabalhadores, o banco fez alguns reparos no sistema de ar-condicionado e nesta quarta-feira, 29, será feita dedetização do imóvel que ficou inundado após fortes chuvas que atingiram a região.

 

Por causa do trabalho de desinsetização, a agência Boqueirão deve voltar a funcionar nesta quinta-feira, 30. Ela fica na Avenida Epitácio Pessoa.

 

A paralisação começou dia 14/3, motivada pela incapacidade do sistema de refrigeração, e a situação se agravou após as chuvas que alagaram a cidade entre os dias 17 e 18/3. “A mobilização dos trabalhadores e do sindicato foi fundamental para que o banco enviasse equipes para começar a fazer os reparos necessários. Hoje (quarta,29), fizemos reunião com os bancários e as bancárias que decidiram retornar ao trabalho. Seguiremos monitorando as manutenções para que sejam garantidas as condições de trabalho”, explicou Eneida Koury, presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região.

 

Os bancários e o Sindicato deixaram claro para os gestores que se não houver condições, a unidade voltará a ser paralisada. Qualquer problema em bancos da Baixada Santista deve ser denunciado aos diretores do Sindicato ou por meio do fale conosco do site. Outros canais de comunicação do Sindicato são o facebook e whatsapp.

 

Reestruturação provocou sobrecarga

Recentemente, a agência tem atendido o dobro do número de clientes e usuários por causa do fechamento da unidade vizinha (Oswaldo Cruz) durante a nefasta reestruturação do BB. Com o aumento do público, o atual sistema de refrigeração é insuficiente e ficou insuportável trabalhar em dias um pouco mais quentes.

 

“Ano passado salientamos dos transtornos que seriam causados com o fechamento da agência da Rua Oswaldo Cruz, 521. Ela sozinha tinha mais de 10 mil clientes, que foram remanejados e superlotam hoje a unidade vizinha da Epitácio Pessoa, que já atendia mais de 10 mil contas e agora vive superlotada com atendimento precário. A Baixada Santista é habitada por muitos idosos e triplica a população nos feriados e no Verão o que está ocorrendo também em Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe. Isto é um grande problema que a população e os trabalhadores enfrentam sem o atendimento nestas agências e extinção de funcionários”, afirma Eneida Koury, presidente do Sindicato.

Fonte: Imprensa Seeb Santos e Região
Postado por Fernando Diegues em Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Telegram
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
[Voltar ao topo]
X

Fale Conosco:

Você pode contar sempre, com o Sindicato, para isso estamos deixando, mais um canal de comunicação, com você. Envie informações, denúncias, ou algo que julgar necessário, para a Luta dos Bancários. Ou ligue para: 0800 771 1920

Atenção: Todas as denúncias feitas ao sindicato são mantidas em sigilo. Dos campos abaixo o único que é obrigatório é o email para que possamos entrar em contato com você. Caso, não queira colocar o seu email pessoal, você pode colocar um email fictício.

Aguarde, enviando contato!